Clayton de Souza/Estadão
Clayton de Souza/Estadão

Muricy muda esquema e testa o São Paulo sem Kardec e com Cafu

Treinador abandona esquema com dois meias e faz testes no esquema 4-2-3-1, com Cafu e Michel Bastos pelas beiradas

FERNANDO FARO, O Estado de S. Paulo

28 de janeiro de 2015 | 11h57

Às vésperas da estreia no Campeonato Paulista, o técnico Muricy Ramalho resolveu mexer no São Paulo e ensaiou uma nova formação para o jogo contra a Penapolense neste domingo, em Penápolis. O treinador sacou Alan Kardec do time titular e promoveu a entrada de Jonathan Cafu.

A alteração mudou também a forma da equipe jogar, já que o São Paulo aboliu o esquema com dois meias e voltou ao 4-2-3-1 utilizado no início do ano passado. Na nova formação, Cafu e Michel Bastos jogaram abertos pelos lados e Luis Fabiano ficou como única referência.

O time titular do São Paulo começou o treino com: Rogério Ceni, Bruno, Rafael Toloi, Edson Silva e Carlinhos; Denilson, Thiago Mendes e Paulo Henrique Ganso; Cafu, Michel Bastos e Luis Fabiano. Souza, ainda em recuperação de uma pancada na canela direita, segue em tratamento no Reffis.

Muricy sempre quis encontrar uma formação paralela para que o time pudesse ser modificado de acordo com o adversário. No ano passado, ele só desistiu de jogar com jogadores abertos pelas pontas quando Kaká foi contratado. Na reta final do Campeonato Brasileiro, o time embalou e terminou na segunda colocação.

Com a provável contratação de Centurión, no entanto, a tendência é que o esquema do ano passado seja abolido e o São Paulo passe a jogar com apenas um atacante de ofício.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.