Sergio Pirata/Divulgação
Sergio Pirata/Divulgação

Muricy não confirma Neymar em jogo com Palmeiras e já pensa em opções

Atacante passou a quinta-feira em tratamento após retornar da seleção machucado

SANCHES FILHO, Agência Estado

26 de abril de 2013 | 12h01

SANTOS - Mesmo sem ter lesão grave detectada nos exames médicos realizados quinta-feira, Neymar continua sem saber se vai defender o Santos no clássico com o Palmeiras, neste sábado, na Vila Belmiro, pelas quartas de final do Campeonato Paulista. Muricy Ramalho não confirma a presença do atacante no time e já pensa em alternativas para armar a equipe caso Neymar não possa atuar. O jogo vale passagem para a fase semifinal do Estadual.

"O Neymar é um jogador diferenciado, como tudo mundo sabe, e se ele não jogar, fará muita falta. Como técnico, tenho de encontrar outra maneira para o Santos atuar sem ele. Ele ainda não tem condições, mas pela vontade que tem, é possível que jogue. Nada está decidido ainda", disse Muricy, que deve escalar Miralles como titular ao lado de André. 

Neymar voltou do amistoso da seleção com o Chile machucado. Após o apito final do árbitro, o atacante levou as mãos na parte posterior da coxa esquerda, reclamando de dores. Em sua reapresentação ao Santos, os médicos do clube realizaram exames no atleta para saber a gravidade da lesão. Nada de sério foi verificado. Neymar passou a quinta e a manhã desta sexta em tratamento intensivo. Nem mesmo os adversários do Palmeiras, como Wesley, acreditam que o craque deixará de jogar a decisão.

Mas se Neymar é dúvida, o Santos já tem um desfalque certo: o lateral-direito Galhardo. Ele foi liberado pela diretoria por causa da morte de seu irmão durante a semana. "Não tive mais contato com o jogador nos últimos dias, só a psicóloga do Santos falaou com ele. Mas sei que o jogador está muito abalado, é importante que fique com a família", disse Muricy.

O substituto natural de Galhardo é Bruno Peres, que também está fora, lesionado, o que deve abrir uma oportunidade para Alan Santos, que atuaria improvisado no setor. Quem também pode ser novidade no Santos contra o Palmeiras, mas no banco de reservas, é o volante Marcos Assunção. Liberado pelo departamento médico, ele foi relacionado para o clássico.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.