Muricy ?oficializa casamento? com S. Caetano

Depois que o casamento entre São Caetano e Tite acabou segunda-feira, a diretoria apresentou nesta terça-feira cedo ao elenco o novo técnico. É Muricy Ramalho, que chega com a tarefa de classificar o time para as próximas fases do Campeonato Paulista e da Copa Libertadores. Na apresentação à imprensa, que aconteceu no estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul, Muricy afirmou que "oficializou um namoro antigo" com o clube do ABC.O novo comandante confirmou que já havia recebido propostas do São Caetano anteriormente. "Na época não aceitei o negócio, pois tinha contrato com o Inter", disse, lembrando que assumiria a vaga de Nelsinho Baptista, que se transferiu para o Japão. Junto com o técnico se apresentaram o auxiliar Tata e o preparador físico Carlito Macedo.Para que a nova comissão técnica tenha sucesso no clube, será preciso, antes de tudo, que ela mantenha um bom relacionamento com a diretoria. E que os resultados aparecem logo. Por isso, Tite caiu. Muricy é o quarto técnico do Azulão em menos de um ano.Pela ordem, o time contou com Mário Sérgio, Nelsinho Baptista (apenas três jogos) e Tite (34 jogos). O técnico do São Caetano não parece mais ter a retaguarda e a compreensão da diretoria como tinha, no passado, Jair Picerni. Um dos fatores que pesaram para a concretização do negócio é a experiência de Muricy. Ele começou a carreira pelo São Paulo, onde trabalhou nas categorias de base e assumiu a responsabilidade de substituir Telê Santana. Depois passou, sem sucesso, por Guarani e Botafogo, no interior paulista. Aos poucos foi ganhando experiência, acumulada nos comandos de Figueirense-SC, Portuguesa Santista, São Paulo, Náutico-PE e por último no Internacional-RS, que terminou em sexto lugar no Brasileirão passado."É muito bom voltar para São Paulo, até porque minha família está aqui. Dirigir o São Caetano é uma grande responsabilidade, mas trabalharei o grupo para ser um time vencedor", comentou.Os jogadores, ainda surpresos com a mudança, receberam bem o novo técnico. Até mesmo os reforços indicados por Tite, como Ânderson Lima, Gilberto e Lúcio Flávio. "O futebol vive mesmo de resultados. Estamos tristes com a saída do Tite, mas temos a obrigação de nos superar agora sob o comando do Muricy", comentou Ânderson Lima.A estréia do técnico acontecerá no próximo sábado contra o Palmeiras, no Anacleto Campanella, pelo Campeonato Paulista. Para o jogo, ele já terá um desfalque certo: o zagueiro Serginho, suspenso pelo terceiro amarelo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.