Muricy pode levar Paixão para o Inter

O Internacional confiou ao técnico Muricy Ramalho a missão de reconduzir o clube aos tempos de glória. A contratação foi confirmada nesta segunda-feira e deve ser acompanhada pelo anúncio de alguns reforços durante a semana. O primeiro é para a comissão técnica. O preparador físico Paulo Paixão, que deixou a família em Porto Alegre quando foi trabalhar no Fluminense, está disposto a voltar ao Sul e pode chegar a um acordo com o Internacional nesta terça-feira. O clube gaúcho também quer repatriar o atacante Christian, que está jogando no futebol turco, e trazer o zagueiro argentino Gamboa, do Chacarita Juniors. Consciente das frustrações recentes do Internacional, que só escapou do rebaixamento na última rodada do Campeonato Brasileiro e que não ganha um título nacional desde a Copa do Brasil de 1992, Muricy Ramalho chegou a Porto Alegre prometendo um ano de alegrias. "Não adianta usar o discurso de vir para somar, do trabalho de médio e longo prazo. Isso não existe no futebol brasileiro", reconheceu, mostrando que sabe que sofrerá pressões para obter vitórias logo no início do contrato, que vai até dezembro de 2003. Muricy foi campeão da Copa Conmebol de 1994 e da Copa dos Campeões de 1996, com o São Paulo. No Campeonato Brasileiro deste ano pegou o Figueirense entre os clubes que lutavam para fugir do rebaixamento e chegou até a entrar na briga pela classificação. Acabou em 17º.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.