Muricy procura 11 jogadores para enfrentar o Millonarios

Depois de 62 jogos na temporada, os atletas são-paulinos estão exaustos, e torneio é visto como um problema

Alfredo Luiz Filho, Jornal da Tarde

09 de outubro de 2007 | 20h10

Aos cacos, o São Paulo enfrenta o Millonarios, da Colômbia, nesta quarta-feira, às 21h50, no Morumbi, pelo jogo de ida das quartas-de-final da Copa sul-americana. Depois de 62 jogos na temporada, os jogadores estão exaustos, a ponto de o torneio ser visto no clube como um problema. Ainda mais porque o técnico Muricy Ramalho não tem muitas opções para poupar o elenco, já que só pode utilizar os 25 inscritos antes do início da competição. Da lista entregue à Conmebol, pode contar apenas com 18, o número exato para montar um time e um banco de reservas. Lista que só poderá ser modificada se o time chegar às semifinais - e mesmo assim, só dois nomes podem ser mudados. "Como eu já estou aqui há quase dois anos, sei muito bem quem agüenta mais e quem agüenta menos. Tem que usar a cabeça. Vai entrar quem tiver condição física de jogar", disse o técnico Muricy Ramalho. "Só tenho umas 11 dúvidas." Quando até mesmo o incansável Rogério Ceni está baleado é porque há alguma coisa errada. O goleiro sofreu um pequeno estiramento na panturrilha da perna direita durante o clássico contra o Corinthians e deverá ficar de molho por até 15 dias. Hoje, Bosco deverá ser o titular. Será apenas seu terceiro jogo no ano, contando o amistoso que fez contra o Bayern, na China. "Este ano, as coisas voltaram ao normal. Em 2006, foi uma exceção disputar tantas partidas (16 jogos). O Rogério é um atleta que se cuida muito, extremamente profissional e que dificilmente desfalca a equipe", disse Bosco, que ainda cumpre suspensão no Brasileiro. "Será uma boa oportunidade para jogar e mostrar meu trabalho."São PauloBosco; Jackson, Breno, André Dias e Júnior; Fernando, Richarlyson, Hernanes e Hugo; Leandro e Diego TardelliTécnico: Muricy RamalhoMillonariosCuadrado; Martínez, Mosquera, Díaz e Ervin Gonzélez; Bedoya, Robayo, Ciciliano e Quintero; Villagra e EstradaTécnico: Mario VanemerakÁrbitro: Sérgio Pezzotta (ARG)Estádio: MorumbiHorário: 21h50Rádio: Eldorado/ESPNTV: Globo e Band Além de Ceni, Dagoberto e Borges também estão fora. O primeiro se recupera de uma contratura na coxa direita e só  deverá ser aproveitado contra o Fluminense, no fim de semana, e o outro sofreu um estiramento na coxa direita e não joga pelas próximas três semanas. Além disso, há o desfalque do zagueiro Alex Silva, que está com a Seleção Brasileira nas Eliminatórias para a Copa. Dos jogadores que estão inscritos no torneio, três não estão mais no clube: Rafinha, Maurinho e Edcarlos. É por tudo isso que Muricy Ramalho deverá recorrer a seus reservas. O garoto Jackson, de 19 anos, e o veterano Júnior, de 34, devem pintar como titulares. Hugo, que está suspenso pelo STJD no Campeonato Brasileiro, também poderá ser utilizado. No restante, por falta de opção, o treinador acabará utilizando alguns de seus titulares. De preferência, os que menos atuaram, como Breno e André Dias, ou aqueles, como Richarlyson, que não enfrentarão o Fluminense, no fim de semana, por estarem suspensos.

Tudo o que sabemos sobre:
São Paulo FCCopa Sul-Americana

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.