Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

Muricy procura líder no elenco e quer time mais 'falante' no São Paulo

Técnico se preocupa com a falta de conversa entre os jogadores

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

21 Março 2015 | 07h00

Quando prepara os treinos do São Paulo em 2015 o técnico Muricy Ramalho tem acrescentado à preparação algo novo. O comandante está preocupado com a falta de líderes no elenco e passou a abrir mais espaço para conversas e reuniões para que os atletas possam opinar e expôr problemas no rendimento da equipe em campo.

Desde a saída do meia Kaká o clube perdeu entre os jogadores de linha alguém que ocupe a figura de líder. Muricy identificou esse problema e tem trabalhado para corrigir. "Esse elenco é diferente. Eles respeitam muito um ao outro, não são de dar bronca. E às vezes é preciso fazer isso", explicou.

Quando os dias antecedem partidas pela Copa Libertadores as reuniões para conversar se intensificam. Na véspera do jogo contra o San Lorenzo, na última quarta-feira, Muricy fechou o treino durante uma hora. O período teve trabalho tático aliado à uma reunião. O técnico abriu a conversa e na sequência deu espaço para os atletas falarem. 


"Fazer reuniões demais poder sinal de problemas no time, mas tem horas em que é preciso 'abraçar' os caras e elogiar o trabalho deles", comentou. Uma das conversas mais importantes do elenco foi no dia seguinte à derrota por 2 a 0 para o Corinthians, pela Libertadores. No encontro, os são-paulinos combinaram que entre as mudanças no time, deveriam se falar mais dentro de campo.

Apesar do goleiro Rogério Ceni ser um líder, o time carece de alguém que atue na linha e possa desempenhar papel parecido. O meia Michel Bastos tem despontado para esse cargo pelas boas atuações recentes e pela experiência. "Ele tem esse perfil, mas ser líder é algo espontâneo. Com o Kaká foi assim. Não adianta só falar, tem que atuar pelo exemplo", afirmou Muricy.

Mais conteúdo sobre:
futebol São Paulo FC Muricy Ramalho

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.