Muricy promove volta de Léo e arma Santos no 4-5-1

Em jogo-treino diante do time sub-20 do Jabaquara realizado na manhã desta quinta-feira, no CT Rei Pelé, o técnico Muricy Ramalho promoveu a volta do veterano Léo ao time titular do Santos. O jogador de 37 anos foi escalado no lugar de Guilherme Santos, que não passa por um bom momento, e o treinador resolveu armar a equipe no esquema 4-5-1, apenas com Neymar mais adiantado na frente como atacante fixo.

SANCHES FILHO, Agência Estado

14 de fevereiro de 2013 | 13h05

Neste esquema, Muricy abriu mão da escalação de um centroavante de ofício, mesmo com André à disposição. Em má fase, o jogador deve seguir como opção de banco, enquanto o titular Miralles, com um edema na coxa esquerda, ficará cerca de dez dias afastado.

Sem estes dois atacantes, Muricy adiantou Montillo para atuar mais próximo de Neymar, enquanto Renê Júnior, Arouca, Marcos Assunção e Cícero completaram a formação do meio-campo. E, mesmo com este esquema considerado cauteloso no papel, o Santos goleou a equipe de garotos do Jabaquara por 6 a 0 em apenas 40 minutos, período em que os titulares estiveram em campo antes de Muricy testar os reservas.

Neymar fez quatro dos seis gols dos titulares no jogo-treino, sendo um de falta e outro de pênalti, enquanto Montillo e Cícero também balançaram as redes. E a tendência é a de que Muricy repita essa mesma escalação neste domingo, contra a Ponte Preta, em Campinas, pela oitava rodada do Campeonato Paulista.

Muricy resolveu armar o Santos com um esquema mais conservador depois de o time ter sido derrotado pelo Paulista por 3 a 1, em pleno Pacaembu, no último domingo, quando ficaram claras deficiências na marcação da equipe de Jundiaí na sétima rodada do torneio estadual.

Caso o comandante realmente confirme esta formação, o Santos deverá ir a campo com Rafael; Bruno Peres, Edu Dracena, Durval e Léo; Renê Júnior, Arouca, Marcos Assunção, Cícero e Montillo; Neymar. No confronto, a equipe santista tentará retomar a liderança do Paulistão, hoje justamente nas mãos da Ponte Preta, que tem um ponto de vantagem sobre o time de Muricy.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.