Muricy Ramalho: 'A vantagem ainda é do Palmeiras'

Técnico elogia comportamento dos jogadores são-paulinos, mas diz que classificação ainda está longe

Redação,

13 de abril de 2008 | 19h32

O técnico Muricy Ramalho elogiou o comportamento dos jogadores na vitória do São Paulo sobre o Palmeiras por 2 a 1, no primeiro jogo das semifinais do Campeonato Paulista. Apesar do triunfo, o treinador disse que o favoritismo continua do lado do time de Palestra Itália.  Veja também: São Paulo derrota Palmeiras e reverte vantagem no Paulistão Bate-Pronto: Enfim, o São Paulo jogou com vontade "A gente trabalhou e conseguiu reverter a vantagem. Mas o favorito para conquistar a vaga ainda é o Palmeiras", afirma Muricy. "Não é fácil ganhar do Palmeiras. O clássico deste domingo foi muito igual, e deve ser assim no Palestra Itália." Muricy destacou o poder de marcação de sua equipe. "Voltamos a marcar forte. Reforçamos a marcação nos alas do Palmeiras [Leandro e Élder Granja] e pedimos para o Dagoberto voltar para marcar o Pierre. Foi um bom jogo", analisa o treinador. A vitória também serviu para um desabafo de Muricy, visivelmente irritado com alguns dirigentes do São Paulo. "Tem gente que gosta de dar apoio nas vitórias e nas derrotas te deixa na mão. Ouvi muitas coisas nestes dias, mas procurei apenas trabalhar." Para o jogo da volta, no Palestra Itália, o São Paulo jogará sem os volantes Richarlyson e Zé Luis, que receberam o terceiro cartão amarelo e terão de cumprir suspensão automática. O time precisa do empate para avançar.

Tudo o que sabemos sobre:
São Paulo FCPalmeirasPaulistão A-1

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.