Ayrton Vignola/AE
Ayrton Vignola/AE

Muricy Ramalho acredita que Santos ainda tem chance de título

Equipe da Vila Belmiro está confiante e possui dois jogos a menos do que o líder Vasco

AE, Agência Estado

30 de setembro de 2011 | 17h27

A derrota para o Figueirense no fim de semana passado não tirou do técnico Muricy Ramalho a esperança de conquistar, com o Santos, o seu quinto título brasileiro em seis temporadas. A equipe santista tem 14 pontos de desvantagem em relação ao líder Vasco, mas a conta na Vila Belmiro é que a diferença para os cariocas é de oito pontos, apenas, porque a equipe tem dois jogos adiados a jogar ainda.

"As chances continuam. A gente está com dois jogos a menos. Os da frente ainda não estão se distanciando muito. Então, as chances (de título) continuam", afirmou Muricy Ramalho nesta sexta-feira. Um desses dois jogos adiados é um duelo direto contra o Botafogo, na Vila Belmiro. O outro, já na próxima quarta-feira, é frente ao Grêmio, no Olímpico.

Seguir acreditando no título é fundamental para que o time do Santos continue motivado no Brasileirão. A equipe, que já está classificada para a Copa Libertadores do ano que vem, não briga por nada além do título brasileiro. Qualquer outro resultado - além de um improvável rebaixamento - é indiferente. O fundamental, assim, é se preparar bem para o Mundial Interclubes. "Temos que chegar fortes no final do ano. Não pode abaixar a cabeça não", avisou Muricy.

Especialista em Brasileirão por pontos corridos, Muricy reluta em ver seu time fora da briga pelo título. Mas comenta sobre os principais favoritos. "O Vasco está muito forte porque chega sem pressão de ganhar. Já ganhou a Copa do Brasil e está um momento especial. Corinthians, São Paulo, Flamengo. Esses times realmente têm chance de, na reta final, atropelar. Outros como o Internacional, ou a gente mesmo, ainda podem fazer alguma coisa diferente", completou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.