Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

Muricy Ramalho aprova saída de Ademilson: 'Será uma boa para ele'

Técnico do São Paulo afirma que atacante estava sem espaço

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

27 de fevereiro de 2015 | 18h05

O técnico Muricy Ramalho disse nesta sexta-feira que aprova a saída do atacante Ademilson, do São Paulo, rumo ao futebol japonês. Para o treinador, o jogador de 21 anos estava sem atuar e, por isso, precisava ir para algum clube onde tivesse chance de adquirir ritmo e experiência.

"Ele precisa jogar. Aqui (no São Paulo) o Ademilson fica muito tempo sem atuar, por isso foi um bom negócio para ele", disse o técnico. O atacante está para assinar contrato de empréstimo com o Yokohama Marinos e sequer treinou nos dois últimos dias no São Paulo. "É um mercado que não tem tanta visibilidade, mas pode render coisas boas", completou.

Um grupo de investimentos inglês está bancando a transferência de Ademilson. O mesmos empresários administram com o Manchester City, atual campeão inglês, fora times como o New York City, dos Estados Unidos, e o Melbourne City, da Austrália. 


O atacante deve ficar no futebol asiático até o fim do ano. Ao fim do período, os japoneses terão a preferência de concluir a compra definitiva de Ademilson, fixada em aproximadamente R$ 25 milhões. O São Paulo também está se despedindo do volante Maicon, que deve fechar com o Grêmio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.