Muricy Ramalho cobra 'erro zero' para brigar contra o líder Cruzeiro

Técnico do São Paulo sonha em desbancar o atual campeão, mas para isso exige perfeição de seus comandados até o fim do ano

Almir Leite, O Estado de S. Paulo

08 de setembro de 2014 | 08h05

O técnico Muricy Ramalho ficou bastante satisfeito com o rendimento do São Paulo na tarde deste domingo, no Morumbi, na vitória por 2 a 0 sobre o Sport, mas manteve os pés no chão, como seria de esperar. Consciente de que alcançar o Cruzeiro é tarefa das mais difíceis, embora o Campeonato Brasileiro tenha ainda um turno inteiro pela frente, ele dá a receita para o São Paulo ainda lutar pelo título: não errar.

Muricy diz que a partir de agora não é possível mais vacilos, principalmente porque o adversário raramente falha. "Não podemos mais errar, até porque o Cruzeiro raramente erra e nós já bobeamos demais. O Cruzeiro é o melhor time do campeonato, mesmo porque se preparou para isso, soube fazer muito bem as contratações, enquanto nós ainda estamos no processo de reconstrução iniciado no ano passado", disse Muricy.

Ele considera que o segundo turno será ainda mais difícil do que o primeiro, pois o campeonato vai afunilando e além disso times como o São Paulo ainda têm de disputar a Copa Sul-Americana paralelamente, mas mesmo assim não deixará de ser exigente. "Além de não perder mais pontos em casa, temos de conseguir vencer fora, buscar a diferença, já que estamos devendo em termos de pontos."

O treinador do São Paulo define o Cruzeiro como um rival "duríssimo", que para ele é o melhor time do Brasil, mas isso não significa que tenha jogado a toalha em relação às chances de brigar pelo título. "Creio que podemos surpreender, mas pelo que sofremos no ano passado, a (vaga na) Libertadores está bom. Mas para surpreender e preciso fazermos a nossa parte, não errar e torcer para o Cruzeiro perder pontos."

No próximo domingo, o São Paulo terá ótima oportunidade de reduzir ainda mais a diferença para o time mineiro, que hoje é de sete pontos. Os dois times se enfrentam no Morumbi. Antes, o São Paulo pega o Botafogo, em Brasília, na quarta-feira.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSão Paulo FCBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.