Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Muricy Ramalho critica equipe do São Paulo após primeira derrota

Treinador não aprova atuação com passes de lado e jogadores culpam má condição física

O Estado de S.Paulo

20 de janeiro de 2014 | 04h49

SÃO PAULO - O técnico Muricy Ramalho e os jogadores divergiram nas explicações sobre o resultado negativo na estreia no Paulista. O treinador do São Paulo admitiu que o time não foi competente, enquanto os atletas culparam o cansaço e a forte marcação do adversário.

“Faltou profundidade e finalização para nós. Era algo esperado para um começo de temporada, mas não jogamos bem”, analisou Muricy, que destacou também a sorte de Cesinha no lance do segundo gol. “Ele foi muito feliz na finalização. Foi um gol bonito de se ver e que não sai todo dia.”

O atacante Luis Fabiano lembrou que a equipe teve poucos dias de treinamento e que é normal ter maior dificuldade no início de temporada. “Temos duas semanas de trabalho e não conseguimos por em prática o que foi treinado. É duro começar com derrota e ainda é cedo para falar alguma coisa, mas temos de melhorar”, alertou.

O São Paulo teve muito mais posse de bola do que o Bragantino, mas a equipe da casa levou a melhor nas finalizações. Para o capitão Rogério Ceni, a equipe não soube se portar diante da forte marcação.

“O Bragantino soube se defender bem, porque tem um estilo de jogo próprio. Tivemos mais posse de bola, mas eles conseguiram se defender e aproveitar as jogadas em velocidade”, analisou.

Embora tenha admitido a superioridade do adversário, Muricy também lembrou da questão física. “Eles estão treinando há mais tempo e isso faz diferença, claro. Os jogadores sofrem em começo de temporada, mas não jogamos bem, independentemente disso. Tocamos muito de lado”, completou, voltando a criticar o desempenho da equipe em Bragança.

Tudo o que sabemos sobre:
FutebolSão Paulo FC

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.