Arquivo/AE
Arquivo/AE

Muricy Ramalho é o novo técnico do Fluminense

O treinador deve ser apresentado e comandar o seu primeiro treino nesta segunda

AE, Agência Estado

25 de abril de 2010 | 17h08

A diretoria do Fluminense anunciou neste domingo que Muricy Ramalho é o novo técnico da equipe para a sequência da temporada. Ele chega ao clube para substituir Cuca, demitido no início da semana por conta da campanha ruim do time no Campeonato Carioca. No estadual, a equipe foi eliminada nas semifinais dos dois turnos.

Veja também:

link Muricy promete sequência do trabalho de Cuca no Flu

"A chegada do Muricy representa o início de uma nova era no Fluminense. Trata-se de um treinador diferenciado e com um currículo incontestável, já que foi eleito o melhor técnico em quatro das cinco últimas edições do Campeonato Brasileiro. Com ele no comando da equipe, tenho certeza de que vamos dar à nossa torcida as alegrias que ela tanto merece", afirmou Alcides Antunes, vice-presidente de futebol do clube.

Muricy Ramalho chegará ao Fluminense acompanhado de Tata, seu auxiliar técnico. O treinador deve ser apresentado oficialmente e comandar o seu primeiro trabalho na tarde de segunda-feira, no campo da Portuguesa, na Ilha do Governador. Assim, a estreia do técnico deverá acontecer na quinta-feira, na partida contra o Grêmio, no Maracanã.

O novo técnico do Fluminense se consagrou ao conquistar o tricampeonato brasileiro (2006/2007/2008) pelo São Paulo. Muricy começou a carreira de treinador em 1993, quando dirigiu o Puebla, do México. Logo após deixar o time, em 1994, trabalhou como auxiliar técnico de Telê Santana e, posteriormente, como técnico.

Muricy também passou por Shanghai Shenhua, onde foi campeão da Copa da China em 1998, Náutico, onde foi bicampeão pernambucano em 2001 e 2002, Internacional, onde faturou dois títulos gaúchos (2003 e 2005) e São Caetano, onde foi campeão paulista em 2004. Além desses times, ele comandou Guarani, Ituano, Botafogo de Ribeirão Preto, Santa Cruz, Figueirense e Palmeiras, que foi o seu último clube.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.