Arquivo/AE
Arquivo/AE

Muricy Ramalho: 'Libertadores não se joga bonito'

Técnico são-paulino diz que segredo do torneio é mostrar um futebol de marcação e explorar o contra-ataque

Redação,

23 de abril de 2009 | 00h57

A vitória do São Paulo por 2 a 1 sobre o América de Cali garantiu a liderança do Grupo 4 da Copa Libertadores. O técnico Muricy Ramalho comemorou o resultado, apesar dos problemas apresentados pela equipe. Para o treinador, o importante foi conquistar os três pontos e não dar espetáculo. 

 

Veja também:

linkMuricy Ramalho elogia Dagoberto e comemora folga na tabela

linkSão Paulo derrota América de Cali e garante liderança

som Ouça os gols na Eldorado/ESPN: São Paulo 0x1São Paulo 1x1 - São Paulo 2 a 1

tabela Copa Libertadores - Calendário / Resultados

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

 

"Libertadores não se joga bonito", disparou Muricy na madrugada desta quinta-feira. "Nós fizemos o necessário até aqui para avançar de fase. Se você olhar bem, é difícil encontrar algum time que esteja apresentando um bom futebol. O próprio Boca Juniors tem oscilado e demonstrado dificuldades."

 

Para Muricy, o segredo da Libertadores é atuar na marcação e explorar o contra-ataque. "A LDU foi campeã assim no ano passado. Ninguém esperava que eles fossem chegar, mas atuaram fechadinhos e levaram."

 

Na vitória sobre o América, os gols do São Paulo foram marcados por Dagoberto. Muricy elogiou o comportamento do atleta. "Aqui não tem preferência para nenhum jogador. O Dagoberto demonstrou nos treinos que tinha mérito para atuar, e colocamos ele numa função diferente."

 

CORAÇÃO VALENTE

Washington passou em branco pelo São Paulo e sofreu algumas críticas da torcida. O atacante pediu paciência. "Não estou em má fase", afirma. "Claro que ficar quatro jogos sem marcar não é legal, mas eu ajudei a equipe na vitória. Não foi uma ajuda em forma de gols, mas em empenho."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.