José Patrício/Estadão
José Patrício/Estadão

Muricy Ramalho não viaja com o Santos para a estreia do time na Copa do Brasil

Técnico ainda se recupera de uma diverticulite e não poderá acompanhar jogo em Teresina

SANCHES FILHO, Agência Estado

08 de abril de 2013 | 14h40

SANTOS - O técnico Muricy Ramalho não vai comandar o Santos na estreia da Copa do Brasil, nesta quarta-feira, contra o Flamengo do Piauí, em Teresina. O treinador, que recebeu alta hospitalar no manhã de domingo depois de ficar internado por dois dias com diverticulite, recebeu orientações dos médicos para permanecer em descanso.

A informação foi confirmada pelo vice-presidente do Santos, Odílio Rodrigues Filho. "Estive com o Muricy antes de ele receber alta e os médicos não querem que ele viaje. A orientação é de repouso", explicou o dirigente, que também é médico.

Na ausência de Muricy, quem vai treinar o time no Estádio Albertão será o auxiliar Tata, que já o acompanha há alguns anos. Tata treinou o time três vezes em 2011, quando o treinador teve uma hérnia de disco. Conseguiu três vitórias. Desta vez Muricy tem uma diverticulite, inflamação dos divertículos presentes no intestino grosso.

Além do seu técnico, o Santos deverá ter também o desfalque de Bruno Peres, que tem uma lesão muscular no adutor da coxa direita e deve ser substituído por Rafael Galhardo. Arouca, com um cisto no joelho direito, também não joga. Edu Dracena é dúvida. Assim, a equipe deverá ter: Rafael; Rafael Galhardo, Edu (Neto), Durval e Léo; Renê, Alan Santos, Cícero e Montillo; Giva e Neymar.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSantos FCCopa do Brasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.