Muricy Ramalho promete São Paulo no ataque contra o Goiás

Treinador afirma que time não irá jogar pelo empate na partida decisiva do próximo domingo no Bezerrão

André Avelar - estadao.com.br,

05 de dezembro de 2008 | 18h20

O São Paulo precisa apenas de um empate diante do Goiás no próximo domingo para conquistar pela sexta vez em sua história o Campeonato Brasileiro. No entanto, o técnico Muricy Ramalho descartou nesta sexta-feira qualquer possibilidade de sua equipe adotar um estilo defensivo na partida marcada para as 17 horas no Estádio Bezerrão, localizado na cidade-satélite do Gama.Veja também:Ingressos para Goiás x São Paulo estão esgotados em BrasíliaDirigente goiano quer 'jogar água no chope' do São PauloMiranda conta com a ajuda da torcida no Bezerrão Vote: Quem será campeão: São Paulo ou Grêmio? Simule os resultados da rodada final da Série A Brasileirão Série A - Classificação Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão"Temos uma postura agressiva com a bola, esta é a característica do nosso time, não adianta nem falar em empate. A equipe que tem mais gols na competição não vai ficar esperando o adversário jogar, com a posse de bola vamos sempre buscar o gol", declarou. O clube do Morumbi balançou as redes 65 vezes no Brasileirão, contra 64 do Flamengo, que possui o segundo melhor ataque. Já o Grêmio, adversário direto do São Paulo na disputa pelo título, fez 57 gols no torneio.De acordo com Muricy, não existe motivo para desconfiança sobre os jogadores são-paulinos. "Somos os melhores no campeonato até o momento. Contra o Botafogo e o Vasco também eram partidas difíceis fora de casa e nós vencemos", disse o comandante.Segundo o treinador, não existe uma fórmula mágica para curar a ansiedade na hora da decisão. "É normal, isso existe em qualquer situação, não vai ter uma mágica que vai acabar com isso. O segredo é entrar em campo e jogar", assinalou.O São Paulo, que está há 17 jogos sem perder no Campeonato Brasileiro, tem apenas um desfalque para encarar o Goiás. O volante Jean, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, dará lugar a Richarlyson, titular absoluto na campanha vitoriosa de 2007."É o Richarlyson que joga no lugar de Jean. Ele só não vem atuando porque o companheiro de posição não dava chance", declarou Muricy. Já Joílson, que sentiu dores no treino de quinta, está completamente recuperado e pronto para entrar em campo no domingo.No treino desta sexta, o técnico fez o tradicional jogo de dois toques, com campo reduzido. Depois, treinou alguns lançamentos.FELIZ NATALNa entrevista coletiva, a última concedida pro Muricy Ramalho antes de uma partida na temporada 2008, o treinador desejou feliz natal aos jornalistas e se desculpou por qualquer resposta mais agressiva ao longo do ano. "Aproveitando que esta é a última entrevista aqui, gostaria de desejar a todos um bom Natal e um bom fim de ano. Peço desculpas se cometi alguma grosseria, mas eu sou assim mesmo", disse Muricy. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.