Muricy rebate críticas e diz que manterá variações no Flamengo

Às vésperas do início do Brasileirão, o técnico Muricy Ramalho rebateu nesta quinta-feira as críticas que recebeu ao longo do Campeonato Carioca. O treinador do Flamengo reiterou que manterá as variações no esquema tática da equipe, dependendo dos adversários na competição nacional. "No Brasil é assim: se o treinador adota um só esquema, ele é previsível; se adota mais de um, faz muitas variações no time", rebateu o técnico. "Temos algumas maneiras de jogar, tanto no 4-4-3 quanto no 4-4-2, e as botamos em prática de acordo com o adversário que enfrentaremos. Contamos com jogadores para isso, respeitando suas características."

Estadão Conteúdo

12 de maio de 2016 | 18h30

Muricy pretende manter esta estratégia de variações a partir do primeiro jogo no Brasileirão, contra o Sport, sábado, no Raulino de Oliveira. "É sempre importante estrear com vitória. Não se pode pensar apenas lá na frente, temos que iniciar bem a competição. Conforme as vitórias vão acontecendo, a confiança do time cresce", afirmou.

Sobre o rival de estreia, o treinador pediu atenção aos seus jogadores. "É um time que, apesar de não ter vencido o Campeonato Pernambucano, é muito bom. Estamos os acompanhando, analisando seus jogos. É um adversário muito perigoso. No Campeonato Brasileiro, não há jogos fáceis", alertou.

Antes de projetar o Brasileirão, o técnico comandou treino no CT George Helal e esboçou a equipe titular com Paulo Victor; Rodinei, Wallace, Juan e Jorge; Márcio Araújo, Cuéllar e Alan Patrick; Marcelo Cirino, Fernandinho e Guerrero.

Na primeira parte do treino, Muricy não contou com Willian Arão e Mancuello. Assim, pôde testar Márcio Araújo e Alan Patrick. Ele deve confirmar a escalação na atividade desta sexta, véspera da estreia.

Tudo o que sabemos sobre:
FlamengoCampeonato Brasileiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.