Muricy reclama, outra vez, de Zveiter

Logo após a derrota para o Coritiba por 1 a 0, em Curitiba, o treinador do Internacional, Muricy Ramalho, reclamou mais uma vez da decisão tomada pelo presidente do STJD, Luiz Zveiter, de anular e remarcar as 11 partidas apitadas pelo ex-árbitro Edílson Pereira de Carvalho. Com a derrota do Corinthians em Goiás, o time gaúcho terminaria um ponto na frente da equipe paulista sem a anulação dos jogos. ?Eles não cumpriram a lei. Nada foi comprovado se o juiz interferiu em todos os jogos. Passou por cima da lei?, esbravejou Muricy, que continuou as críticas contra Zveiter. ?Não pode só uma pessoa mandar?. O técnico do Inter achou válida a comemoração dos jogadores logo após a partida - o time deu a volta olímpica no estádio Couto Pereira. ?Acho que vale, sim. Cada uma faz o que quer nesse país?, afirmou.

Agencia Estado,

04 de dezembro de 2005 | 18h38

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.