Marcio Fernandes/AE
Marcio Fernandes/AE

Muricy ressalta marcação do Botafogo contra o Palmeiras

Para o treinador, preparo físico e desgaste também influenciaram no resultado no Palestra Itália

15 de agosto de 2009 | 21h17

O empate com o 15.º colocado Botafogo, em pleno Palestra Itália, poderia ter deixado o técnico Muricy Ramalho chateado. Mas o técnico do líder Palmeiras se mostrou sereno na entrevista após o jogo deste sábado e considerou o 1 a 1 em casa um resultado normal. "O time correu muito, lutou bastante contra um adversário bem fechado. Tivemos chance para ganhar, mas não aproveitamos", disse.

Veja também:

link Palmeiras empata a terceira seguida no Brasileirão

especialMASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabela Classificação

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

"O Botafogo marcou muito bem também e não deu espaço para a gente trabalhar a jogada e para o passe sair redondo. Isso acabou atrapalhando bastante", continuou Muricy, que reclamou da sequência de jogos do Palmeiras na semana - dois em entre quarta-feira e sábado.

"A nossa sequência de jogos nos prejudicou. Tivemos uma mini decisão com o Atlético-MG no meio da semana, enquanto o adversário teve a semana livre para treinar. Isto foi o que fez a diferença hoje [sábado]", analisou o treinador, se referindo ao empate por 1 a 1 no Mineirão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.