Muricy se defende de críticas: 'Não sou burro'

Muricy apostou na experiência de Bill e na ousadia do jovem Victor Andrade para acabar com a apatia ofensiva do Santos, mas foi o novo dono da lateral-direita, Bruno Peres, que quebrou o jejum de 384 minutos sem gol. O defensor foi o responsável pelo gol que abriu a vitória por 2 a 1 sobre a Ponte Preta, neste domingo, na Vila Belmiro.

SANCHES FILHO, Agência Estado

29 de julho de 2012 | 21h07

"O professor me pediu para atacar um pouco mais e eu obedeci. Apoiar é o meu forte e graças a Deus fiz o gol. E, por coincidência, foi contra o maior rival do Guarani, onde joguei até outro dia", disse o novo titular da lateral-direita.

Com as contusões de Galhardo (quebrou um dedo do pé esquerdo) e Fucile (passará por cirurgia nos próximos dias), Bruno Peres, contratado por empréstimo para completar o grupo, se firmou na lateral-direita, resolvendo um dos muitos problemas que Muricy passou a enfrentar após a eliminação na Libertadores da América.

Considerado o sucessor de Neymar, Victor Andrade comemorou o gol de Bruno Peres como se ele tivesse sido o autor. "Fiquei feliz por ter feito a assistência", disse o atacante de apenas 16 anos. "Tenho procurado ajudar o time a sair dessa situação difícil me movimentando sem parar. Sempre que surge uma oportunidade, vou para dentro, como Robinho e Neymar".

Substituído por Miralles, aos 20 minutos do segundo tempo, Victor Andrade saiu de campo sob aplausos, enquanto parte da torcida protestava contra a mudança, chamando Muricy de "burro". "Eu pedi para sair porque estava sem fôlego e não conseguia mais acompanhar o lateral-direito da Ponte", explicou Victor Andrade.

Após o jogo o técnico se defendeu: "Eu não sou burro. Tirei o garoto porque ele pediu para sair". Para o jogo contra o Náutico, no próximo domingo, no Estádio dos Aflitos, no Recife, o Santos não terá Arouca e Adriano, suspensos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.