Arquivo/AE
Arquivo/AE

Muricy será apresentado sexta no Palmeiras e assiste ao clássico

Técnico concederá entrevista e vai a Presidente Prudente, mas só assume o time na próxima segunda-feira

22 de julho de 2009 | 10h44

O técnico Muricy Ramalho iniciará sua passagem pelo Palmeiras na próxima sexta-feira. Sua primeira missão: apenas assistir ao time no clássico do próximo domingo contra o Corinthians, pelo Campeonato Brasileiro, em Presidente Prudente (SP). É só depois disso que assumirá o comando do grupo, na segunda-feira (27).

Veja também:

linkCorinthians e Palmeiras: cerca de 10 mil ingressos vendidos  

linkDefesa é trunfo para vencer o Goiás

linkPresidente nega alto salário para o técnico

linkJorginho comemora contratação de Muricy

forum VOTE - Muricy terá sucesso no Palmeiras?

som Ouça mais no Território Eldorado

especial MASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especial Visite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabela Classificação

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Até lá, inclusive no jogo desta quarta à noite contra o Goiás, às 21h50, no Estádio Serra Dourada, em Goiânia (com acompanhamento online do estadao.com.br), quem comanda a equipe é o agora auxiliar técnico Jorginho. O novo comandante assiste ao jogo desta noite pela televisão e no domingo pretende ir ao Estádio Prudentão para acompanhar tudo.

O planejamento do trabalho a ser feito ainda está sendo estudado por Muricy (que assina contrato até o fim de 2010) e os diretores do departamento de Futebol do Palmeiras e só deve ser divulgado na entrevista coletiva do fim desta semana, na Academia, quando voltarão a ser cogitados reforços e dispensas para esta temporada.

DESCANSADO

Somente a partir da próxima semana é que o treinador começará a justificar os cerca de R$ 450 mil que estima-se receberá de salário, mais os R$ 50 mil de seu outro auxiliar, Tata, outro que chega ao time alviverde.  O presidente Luiz Gonzaga Belluzzo nega o alto salário para o técnico.

Muricy chega depois de um mês de férias, em que descansou em sua casa em Ibiúna, interior de São Paulo, e em um apartamento no Guarujá. "Ele fez muito churrasco, ficou de bermuda e chinelo e viu futebol na televisão", diz sua mulher, dona Roseli. (com O Estado de S. Paulo)

Atualizado às 11h52 para acréscimo de informações

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.