Muricy trabalha pouco em Barueri

Treinador acompanha goleada sentado no banco de reservas

Estadão.com.br

25 de fevereiro de 2012 | 22h08

BARUERI - O placar de 6 a 1 que o Santos aplicou na Ponte provocou algo pouco comum em Muricy Ramalho: ficar quietinho no banco. "O time jogou muito bem. Aí eu tinha de ficar quieto, modificar pouca coisa. Eu também desfrutei como todos que vieram a Barueri."

Muricy tem se empolgado com a dupla Neymar e Ganso. "Do Neymar não tem muito o que falar, está cada vez melhor", elogiou. "E os testes mostram que o Ganso está muito forte fisicamente e ele assim desequilibra."

Os craques comemoram o bom entrosamento. "Realmente estamos bem entrosados desde que nos tornamos profissional. Foi uma bela partida", disse Ganso. Já Neymar não ficou totalmente satisfeito. Afinal, ele queria ter acertado o belo voleio que tentou. "Preciso treinar mais um pouco", declarou. "E para quem gosta de futebol foi legal."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.