Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Muricy vê clube dividido e insinua problemas com a diretoria

Sem citar nomes, treinador admite problemas nos bastidores

CIRO CAMPOS, O Estado de S. Paulo

13 Março 2015 | 08h05

O técnico Muricy Ramalho, do São Paulo, voltou a reclamar nesta quinta-feira de problemas nos bastidores do clube. Após a vitória por 1 a 0 sobre o São Bento, no Morumbi, pelo Campeonato Paulista, o treinador pouco falou do jogo e disse que o ambiente está dividido na diretoria, o que pode enfraquecer o elenco no futuro.

"A gente está um pouco divido, temos que admitir", admitiu Muricy, que negou existir problema no elenco. Em seguida, elogiou o profissionalismo do grupo de jogadores, destacou o ambiente e só lamentou que nem todos no clube cooperam para isso. Sem citar nomes, o técnico voltou a enfatizar que desafetos trabalham nos bastidores e prejudicam o seu trabalho. "Tem gente que não chega em mim e me pressiona. Para isso tem que ter um pouco de coragem para chegar e me peitar. Gosto desse tipo de pessoa que chega e encara", reclamou.

Muricy disse que essa situação só atrapalha o grupo, ainda mais pela proximidade do importante jogo com o San Lorenzo, pela Libertadores. "Time de futebol tem que estar mais unido, mais junto. Daqui a pouco esse tipo de situação começa a passar para o jogador. Temos que nos juntar para enfrentar o San Lorenzo", comentou. A partida contra os argentinos será na próxima quarta-feira. Antes, o São Paulo vai encarar a Ponte Preta, no domingo.

O comportamento da torcida também deixou o técnico surpreso. No segundo tempo, parte dos presentes ironizaram a atuação ruim do time com os gritos de "é, campeão", de olé e de xingamentos contra o vice-presidente de futebol, Ataíde Gil Guerreiro. "Não dá para se aprofundar. A gente não sabe o que acontece às vezes. Mas sou um cara determinado e é nos momentos ruins que eu cresço. Conheço muito bem as coisas aqui e vamos sair desse momento", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.