Mailson Santana/Fluminense
Mailson Santana/Fluminense

Muriel lamenta falha em gol do Inter e diz que o Flu não pode desanimar

Ex-jogador do Internacional, goleiro 'ajuda' o time gaúcho na partida disputada em Porto Alegre neste domingo

Redação, Estadão Conteúdo

10 de novembro de 2019 | 19h34

Mesmo com o domínio do jogo no segundo tempo, o Fluminense foi derrotado pelo Internacional por 2 a 1 no Beira-Rio, neste domingo, pela 32.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Por ironia do destino, o goleiro Muriel, ex-jogador do clube gaúcho, "ajudou" os donos da casa ao falhar no primeiro gol da partida.

O jogador reconheceu que errou no lance do primeiro tento de William Pottker na jornada, mas fez questão de ressaltar que o Fluminense não pode se deixar abater pela derrota.

"Naquele primeiro gol a bola quicou, bateu no meu dedo e sobrou para o Pottker, que é goleador. No segundo a gente achou que houve uma irregularidade, mas o VAR não confirmou. Paciência. É manter o controle, continuar trabalhando e sem desanimar", explicou o goleiro.

No segundo tempo, o Fluminense assumiu o comando da partida e viu o Internacional recuar. Wellington Nem diminuiu a desvantagem dos cariocas e por pouco não empatou o jogo, mas perdeu a oportunidade e ficou muito chateado com isso

"Fico triste com algumas coisas que estão acontecendo, coisas minhas, alguns gols que acabo perdendo. Mas agora é descansar e pensar no próximo jogo."

Quem também lamentou muito o resultado foi o lateral-esquerdo Caio Henrique, que pediu para o time caprichar um pouco mais, principalmente contra adversários que estão na parte de cima da classificação do Brasileirão.

"A gente não pode mais dar chance ao azar. Temos de caprichar mais em nossas chances, matar quando tivermos oportunidade porque esses adversários de alto nível não perdoam. Temos de virar a chave, pois temos um confronto importante contra o Atlético-MG. É ganhar ou ganhar", afirmou Caio Henrique, que recebeu o terceiro cartão amarelo e não vai enfrentar o time mineiro no próximo sábado à tarde, no Maracanã, pela 33.ª rodada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.