Murilo entra na Justiça contra o Flu

A diretoria do Fluminense foi surpreendida nesta quarta-feira com o surgimento de uma intimação do goleiro Murilo, solicitando seus direitos federativos. O jogador entrou na Justiça contra o clube, alegando estar a mais de 3 meses sem receber salários."Ficamos surpresos com esta atitude. O Murilo sempre teve um excelente comportamento e sabia das dificuldades do Fluminense", afirmou o diretor de futebol do clube, Francisco Vasconcelos. "Ele havia aceitado a redução salarial e nem falava mais sobre dinheiro." De acordo com o dirigente, o goleiro não deve mais fazer parte do plantel do clube. "Se depender de mim, não. A decisão final cabe ao presidente (David Fischel)", disse Francisco Vasconcelos. Atualmente, Murilo era o terceiro goleiro do Fluminense. O titular é Kléber e o jovem Fernando Henrique vinha sendo a segunda opção. Murilo está no Rio Grande do Sul, na casa de familiares, e não foi encontrado para falar sobre o assunto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.