Cesar Greco/Palmeiras
Cesar Greco/Palmeiras

Murilo vê empenho defensivo do Palmeiras como base do sucesso: 'Tem de dar a vida'

Equipe alviverde tem a defesa menos vazada do Campeonato Brasileiro e enfrenta o Botafogo, em casa, nesta quinta-feira

Redação, O Estado de S.Paulo

08 de junho de 2022 | 16h02

O Palmeiras vive um momento de muito equilíbrio e estabilidade na temporada. Mesmo no Brasileirão, competição na qual teve um início cambaleante, tudo se ajeitou. O time se colocou na briga pela liderança e assim continua graças a diversos motivos, entre eles o excelente desempenho defensivo, conforme destacado pelo zagueiro Murilo, um dos responsáveis por essa segurança.

"Temos de continuar assim. Independentemente de quem jogue, é ajudar o Palmeiras e todos nós temos isso em mente. Quem está em campo tem de dar a vida e ajudar o time não sofrendo gols, para quando tiver a chance no ataque poder marcar e sair com a vitória", comentou o defensor palmeirense.

A equipe comandada por Abel Ferreira sofreu apenas cinco gols em nove rodadas disputadas pelo Brasileirão. Além disso, está há quatro jogos sem ser vazada em jogos do campeonato nacional. No último duelo, um empate por 0 a 0 com o Atlético-MG, o já eficiente sistema defensivo palmeirense ganhou um reforço de peso: Luan finalmente voltou a jogar após quatro meses se recuperando de lesão.

"Foi muito bom, dei os parabéns ao Luan depois do jogo", afirmou Murilo, que formou a dupla de zaga com ele. "Foi uma partida excelente que pudemos fazer. Pude ajudar ele na volta (após lesão), fiquei muito feliz. Já conheço o Luan desde antes, de nos enfrentarmos por outros clubes. Agora, posso jogar junto com ele e fico feliz de participar desse retorno dele. Que ele possa voltar cada vez melhor e ajudar o clube", completou.

Invicto há 15 jogos na temporada, o Palmeiras enfrenta o Botafogo na quinta-feira, pela décima rodada do Brasileirão, com a missão de assumir a liderança. "Vamos entrar bem, com pensamento positivo para poder sair com os três pontos. A torcida é muito importante, o estádio lotado para mim é especial, gosto de jogar assim. Que nesse jogo o Allianz Parque possa estar cheio", disse Murilo.

No treinamento da manhã desta quarta, Abel Ferreira comandou uma atividade ainda sem as presenças do goleiro Weverton e do volante Danilo, que estavam com a seleção brasileira durante as disputas dos amistosos contra Coreia do Sul e Japão. Os dois devem se reapresentar ao longo da tarde, mas não é certo se estarão à disposição para enfrentar o Botafogo.

Raphael Veiga, que se recupera de uma lesão muscular, é desfalque certo, assim como Mayke, Jialson, Gustavo Gómez e Kuscevic. Abel pode escalar o time com Marcelo Lomba (Weverton); Marcos Rocha, Luan, Murilo e Piquerez; Gabriel Menino (Danilo), Zé Rafael e Gustavo Scarpa; Rony, Dudu e Rafael Navarro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.