Reuters
Reuters

Murray fará jogo beneficente contra Federer uma semana antes do ATP Finals

Duelo entre o atual líder do mundo e o recordista de títulos de Grand Slam será dia 7 de setembro, em Glasgow

Estadao Conteudo

09 Fevereiro 2017 | 14h10

O número 1 do mundo, Andy Murray, anunciou nesta quinta-feira um jogo-exibição contra o suíço Roger Federer no dia 7 de novembro, em Glasgow. O evento será beneficente e também terá as participações de Jamie Murray, irmão de Andy e especialista em duplas, e dos ex-tenistas Tim Henman e Mansour Bahrami.

O duelo entre o atual líder do mundo e o recordista de títulos de Grand Slam vai acontecer menos de uma semana do início do ATP Finals, torneio que reúne os oito melhores da temporada e encerra o ano do tênis profissional, em Londres.

Apesar disso, o evento não deve trazer maiores desgastes físicos para os dois tenistas que ainda estão no circuito, caso os dois garantam a classificação para o ATP Finals. Ao anunciar a exibição, prometendo muita "interação com o público, comédia e música", Murray indicou que as partidas terão pouca competitividade.

Será o segundo grande evento beneficente organizado por Murray. No ano passado, ele arrecadou 300 mil libras esterlinas (cerca de R$ 1,1 bilhão) em benefício da Young People’s Futures, entidade da Unicef que atua em Glasgow, cidade natal do tenista britânico. Neste ano novamente todos os fundos arrecadados serão direcionados para a Unicef, entidade da qual Murray é um dos embaixadores.

A exibição entre o escocês e Federer será a segunda deste ano. No dia 10 de abril, eles duelarão em Zurique em jogo organizado pelo tenista suíço. Os valores arrecadados serão destinados à fundação encabeçada por Federer que ajuda crianças na África.

Mais conteúdo sobre:
tênis Andy Murray Roger Federer

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.