Jorge Adorno/Reuters
Jorge Adorno/Reuters

Musa da Copa, Larissa Riquelme quer Paraguai na final

Modelo de 25 anos aparece sempre vestida com as cores do Paraguai durante os jogos

FÁBIO VENDRAME, Agência Estado

29 de junho de 2010 | 20h48

SÃO PAULO - Mesmo estando a milhares de quilômetros da África do Sul, a modelo Larissa Riquelme foi eleita a musa desta Copa do Mundo. Alvo constante de fotógrafos em Assunção, a paraguaia aparece sempre vestida com as cores do Paraguai e não perde uma oportunidade de reafirmar a confiança em sua seleção, classificada para as quartas de final nesta terça-feira.

Veja também:

mais imagens GALERIA: Beldade paraguaia

linkParaguai consegue vaga inédita nos pênaltis contra o Japão nos pênaltis

especial CRONOLOGIA: Copa, dia a dia

tabela TABELA - Jogos | Classificação | Simulador

"Estou muito feliz e orgulhosa por meu país estar entre os melhores do mundo", declarou ela à Agência Estado, nesta terça, por celular - o mesmo que carrega no decote, "por medida de segurança".

Feliz com a vitória do Paraguai, a modelo de 25 anos já começou a pensar na final da Copa do Mundo. "Mas não gostaria que fosse contra o Brasil, porque é o segundo país que mais amo. Além disso, vocês brasileiros têm um time muito forte e não quero que ninguém ganhe do Paraguai", afirmou Larissa, figura constante em capas de revistas e programas de TV em Assunção.

A empolgação pela campanha paraguaia na África do Sul levou a modelo a fazer uma promessa semelhante a de Maradona. Em caso de título, a modelo vai tirar a roupa no centro da capital do seu país. "Vou desfilar nua na Praça da Democracia com um coração pintado no corpo", revelou.

 

 

 

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.