Musas do apito buscam seu espaço

O atual quadro de árbitros de futebol da Fifa tem sete mulheres brasileiras, um número expressivo, mas que ainda não sugere um futuro promissor para as novas musas. Até agora, por exemplo, só os homens tiveram o privilégio de apitar jogos de Copa do Mundo. ?Podemos mudar isso. Somos mais respeitadas pelos atletas. Eles se controlam mais e quando nos ofendem, pedem logo desculpas?, contou Sueli Teresinha Tortura, da federação do Paraná.Leia mais no Estadão

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.