Rafael Arbex/ Estadão
Rafael Arbex/ Estadão

Museu do Futebol abrirá exposição sobre a Libertadores

A partir deste sábado até 14 de junho, 'Libertadores - paixão que nos une' conta a história da maior competição interclubes do continente

O Estado de S.Paulo

25 de fevereiro de 2015 | 15h13

Neste sábado, dia 28, o Museu do Futebol, localizado no Estádio do Pacaembu, vai inaugurar a exposição "Libertadores - paixão que nos une", retratando a história da maior competição continental das Américas. A mostra conta com ambientes interativos, com totens e tablets, além de telões para contar as décadas e as fases da Copa, que foi disputada pela primeira vez em 1960. As culturas dos países representados também foram focadas.

Para a curadora Nelly Russo, os destaques da exibição são a réplica do troféu e a possibilidade de vestir virtualmente a camiseta dos times da "Liberta". A outra responsável pelo evento, Ana Busch, diz que a participação dos torcedores é o principal objetivo. "Queremos incentivar o público a tirar selfies das camisetas e da réplica da taça para compartilhar nas redes sociais. Teremos um acervo virtual com as camisetas de todos os times que participaram da Copa Libertadores", diz a outra curadora.

As curiosidades e fatos foram escritas por Marcelo Duarte, repórter da ESPN Brasil e fundador do Guia dos Curiosos. Caio Vilela foi o fotógrafo que percorreu todo o continente para registrar as "peladas" pela América do Sul, que contrastam com o futebol profissional.

Paralelo à exposição, será lançada a segunda edição do livro homônimo, escrito por Nicholas Vital. A obra agora traz a campanha do primeiro título do San Lorenzo. Estão também na nova impressão relatos inéditos de jogadores marcantes, como Francisco Sá, maior campeão, com seis títulos, Alberto Spencer (maior artilheiro, com 58 gols), Zico (campeão em 1981), Marcos (em 1999), e Cafu (bi com o São Paulo em 1992 e 93). O dinheiro arrecadado com a venda dos exemplares será toda revertida à fundação do ex-lateral são Paulino e da Seleção Brasileira.

"Libertadores - paixão que nos une" ficará aberta no Pacaembu até o dia 14 de junho, das 9h às 17h. Os ingressos custam R$ 6, com meia entrada para idosos, estudantes e professores a R$ 3. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.