Mustafá articula sucessor no Palmeiras

Depois de assegurar que não será candidato à reeleição, em janeiro, o presidente do Palmeiras, Mustafá Contursi, começará a pensar no seu sucessor a partir de terça-feira. O Conselho de Orientação e Fiscalização (COF) deve se reunir para apreciar, junto com o próprio Mustafá, um nome de consenso.Mustafá, que viajou na quinta-feira à noite para a Suíça, onde assumiará o cargo de representante dos times sul-americanos na Fifa, ao lado de José Maria Aguillar, presidente do River Plate, da Argentina, embarcará de volta na noite deste sábado, devendo desembarcar domingo de manhã no aeroporto de Guarulhos.Ele fez questão de retornar rapidamente ao Brasil para comandar pessoalmente o processo sucessório. O presidente ainda não se manifestou oficialmente sobre a hipótese de Carlos Fachina Nunes ser o nome de consenso. Mustafá, no entanto, já deu o seu recado: se houver um mínimo de desconfiança que Fachina esteja ligado à Luis Gonzaga Beluzzo, da oposição, vira adversário político na eleição.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.