Mustafá pretende manter ?medalhões?

Com a reeleição praticamente assegurada - tem 70% dos votos do Conselho Deliberativo -, Mustafá Contursi, presidente do Palmeiras, já decidiu: só vai pensar na Série B do Campeonato Brasileiro no ano que vem. A prioridade é manter as principais estrelas da equipe para o Campeonato Paulista e a Copa do Brasil, competições que começam antes do Campeonato Brasileiro. Outra decisão tomada pelo dirigente é a dispensa do técnico Levir Culpi.A opinião de Mustafá - compartilhada pela maioria de seus fiéis seguidores no clube - é de que o treinador não conseguiu dar padrão ao time e também não conseguiu unir o grupo de jogadores. Antes do final das férias do elenco, marcada para o dia 2 de janeiro, Levir Culpi deverá ser comunicado oficialmente de que está liberado para procurar outro emprego.Enganou-se quem apostava que o dirigente quer formar um time de jogadores sem expressão, apenas com raça o suficiente para jogar em gramados com más condições como os que existem na Série B. Mustafá pretende manter os ?medalhões? Marcos, Arce, Dodô, Zinho e Lopes. Magrão e Claudecir, emprestados ao São Caetano no Campeonato Brasileiro, serão reintegrados, e farão parte da equipe que disputará o Campeonato Paulista e a Copa do Brasil, porque a diretoria não recebeu nenhuma proposta para negociá-los com o futebol japonês.Virada - Na verdade, Mustafá Contursi acredita numa ?virada? de mesa em 2003. Aos amigos e conselheiros palmeirenses, o dirigente já disse que a tendência é que o Campeonato Brasileiro do próximo ano seja disputado por, no mínimo, 28 clubes. Segundo Mustafá, até janeiro não se ouvirão comentários sobre os acertos que serão feitos para que Palmeiras, Botafogo, Portuguesa e Gama, rebaixados este ano, façam parte da próxima competição.A direção palmeirense começa a se desfazer de alguns jogadores. César, Rubens Cardoso, Jeovânio e Itamar, foram dispensados. O clube praticamente acertou nesta segunda-feira a liberação do zagueiro e volante Marco Aurélio. Após uma conversa com o diretor de futebol Sebastião Lapolla, o jogador avisou que não aceitava a proposta que lhe foi feita. Marco Aurélio pode assinar com o São Caetano.Outros que podem ser liberados: o volante Fabiano Eller e o atacante Nenê. O lateral-direito Leonardo Moura voltou a conversar com Lapolla para tentar renovar o contrato. Leonardo não aceitou a proposta feita pelo Cruzeiro e já admite continuar na reserva do paraguaio Arce.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.