Ricardo Duarte / S. C. Internacional
Ricardo Duarte / S. C. Internacional

Musto reclama de Gre-Nal fora do Beira-Rio: 'Não tem coerência'

Partida será disputada em Caxias do Sul, já que Porto Alegre não pode sediar jogo por conta do coronavírus

Redação, Estadão Conteúdo

18 de julho de 2020 | 21h34

A impossibilidade de disputar o Gre-Nal em Porto Alegre incomodou o meio-campista Damián Musto. Neste sábado, o volante lamentou o veto da prefeitura à realização da partida na cidade, o que impede o Internacional de exercer o seu mando de campo no Beira-Rio.

Musto destacou que o Inter vem adotando desde a volta dos treinos um protocolo para evitar a propagação do coronavírus, mas agora precisará viajar a Caxias do Sul para encarar o Grêmio na próxima quarta-feira, no Estádio Centenário, pela antepenúltima rodada do segundo turno do Campeonato Gaúcho.

"Não tem coerência com as decisões anteriores que tomaram, e agora não podemos jogar em casa. O lugar mais seguro é aqui, com todas as medidas que tomamos desde o início, a gente vem se cuidando de uma maneira extraordinária. Jogarmos a duas ou uma hora de distância não tem sentido", afirmou.

Na partida, o Inter encerrará um período de quatro meses sem disputar jogos oficiais. O meio-campista reconheceu que a falta de ritmo será inevitável, mas assegurou que a equipe tem se preparado bem para superar essa adversidade.

"Muita vontade de voltar a jogar depois de tanto tempo. A gente vem se preparando muito bem, desde quando ficamos em casa. Começamos cada um a trabalhar de forma muito consciente. Sabendo que nos preparávamos para tudo desde o início. Temos uma partida muito linda pela frente, um clássico. Penso que chegamos em boa forma. Obviamente, o ritmo de jogo estará faltando um pouco para todos neste começo. Mas, dentro das possibilidades, chegamos muito bem", analisou o argentino.

Sem entrar em campo desde 15 de março, quando goleou o São José por 4 a 1, o Inter é o líder do Grupo A do segundo turno do Campeonato Gaúcho com sete pontos somados em três duelos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.