Na briga contra a degola, Bahia e Atlético-GO empatam por 1 a 1

Fabinho abriu o placar para o time baiano, mas Diogo Campos deixou tudo igual

Heliana Frazão, Agência Estado

26 de agosto de 2012 | 20h56

SALVADOR - Numa partida entre times desesperados, com risco real de queda para a Série B, Bahia e Atlético-GO empataram por 1 a 1, na noite deste domingo, em partida válida pela 19.ª rodada do Campeonato Brasileiro, no Estádio de Pituaçu, em Salvador. Fabinho abriu o placar para os donos da casa, mas Diogo Campos empatou a oito minutos do fim.

O resultado deixa o time baiano na 16.ª posição do campeonato, com 19 pontos, saindo da incômoda zona de rebaixamento, enquanto a equipe goiana é a vice-lanterna na classificação, com 15 pontos. Até agora, o Bahia tem apenas uma vitória dentro de casa.

Na próxima partida, quarta-feira que vem, contra o Santos, o Bahia não poderá contar com dois dos seus titulares. O goleiro Marcelo Lomba, num desentendimento com Patric, recebeu o seu terceiro cartão amarelo e Fabinho, também por ter recebido mais uma advertência, está fora.

O gol do Bahia saiu aos oito minutos do primeiro tempo, em cabeçada de Fabinho. Mas, diferentemente do que a torcida esperava, o Bahia caiu de rendimento depois disso, perdendo ritmo.

A vantagem não serviu de fator motivador para os donos da casa, que se retraíram, abrindo mais espaço para o Atlético na primeira etapa. Na volta do intervalo, um maior equilíbrio. Aos 18 minutos, Cláudio Pitbull cabeceou no ângulo esquerdo de Márcio, que faz grande defesa. Logo depois foi a vez de Patrick chutar cruzado, com a bola explodindo na trave de Lomba.

O gol do Atlético aconteceu aos 37 minutos do segundo tempo, em cabeçada de Diogo Campos, que atingiu o canto esquerdo da trave baiana.

BAHIA 1 X 1 ATLÉTICO-GO

BAHIA - Marcelo Lomba; Neto, Titi, Danny Moraes e Jussandro (Victor Lemos), Fahel, Fabinho, Caio (Cláudio Pitbull) e Zé Roberto; Gabriel e Souza. Técnico - Caio Jr.

ATLÉTICO-GO - Márcio; Marcos, Gustavo, Reniê e Eron; Dodó (Pituca), Marino, Ernandes e Joilson (Ricardo Bueno); Wesley (Diogo Campos) e Patric. Técnico: Jairo Araújo (interino).

GOL - Fabinho, aos 8 minutos do primeiro tempo, e Diogo Campos, aos 37 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Marcelo Aparecido de Souza (SP).

CARTÕES AMARELOS - Jussandro, Ernandes, Pituca, Wesley, Marino, Marcelo Lomba, Fabinho

RENDA - R$ 135.135,00.

PÚBLICO - 10.901 pagantes.

LOCAL - Estádio de Pituaçu, em Salvador (BA).

Notícias relacionadas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.