Ivan Storti/Santos FC
Ivan Storti/Santos FC

Na briga pelo G-6, Santos entra desfalcado para jogo contra Chapecoense

Alvinegro enfrenta catarinenses nesta segunda-feira, às 20h, no Pacaembu

O Estado de S.Paulo

12 de novembro de 2018 | 05h00

Em boa fase na temporada, o Santos vai ter de colocar o elenco à prova contra a Chapecoense, às 20 horas desta segunda-feira, no Pacaembu, em São Paulo. O técnico Cuca precisou driblar sete desfalques para montar o time para o duelo, em função de lesões, suspensões e fim de contrato.

Rodrygo até deve ser relacionado, mas não vai ser titular por "coerência", conforme justificou Cuca na última sexta-feira. O atacante sofreu com um quadro febril durante a semana e por isso não participou da maior parte das atividades com o elenco. O mais cotado para substituí-lo é Copete, uma vez que Derlis González ganhou vaga de titular e Bruno Henrique vive má fase.

No meio de campo, o volante Diego Pituca vai cumprir suspensão, vaga aberta que pode ser preenchida por Guilherme Nunes, jogador da posição, ou pelo meia Bryan Ruiz. Se Cuca optar pelo costa-riquenho, Carlos Sánchez vai ser recuado para desempenhar uma função mais defensiva.

Victor Ferraz, suspenso por acúmulo de cartões amarelos, dará lugar a Daniel Guedes, o reserva imediato na lateral direita. O maior problema é no miolo de zaga, já que Lucas Veríssimo e Luiz Felipe estão machucados, e Robson Bambu não tem mais vínculo com o clube desde sábado. O defensor assinou pré-contrato com o Atlético Paranaense e está de saída do Santos.

Gustavo Henrique deve ganhar a companhia do volante Yuri na zaga, uma vez que o jogador já desempenhou a função entre 2016 e 2017, por Audax e pelo próprio Santos. O prata da casa Kaique Rocha, de apenas 17 anos, foi promovido para o elenco principal e deve ser opção entre os reservas. Quem deve sair do banco e voltar ao time é Eduardo Sasha, provável substituto de Gabriel, suspenso por acúmulo de cartões amarelos.

Apesar da derrota sofrida contra o Palmeiras, na 32ª rodada, o Santos apresenta bom rendimento no segundo turno e disputa com o Atlético Paranaense e o Atlético Mineiro uma vaga na fase preliminar da Copa Libertadores de 2019. De acordo com as conta de Cuca, a equipe precisa de mais 11 pontos nos seis jogos restantes do Brasileirão para chegar a 57 e garantir um lugar no G6.

FICHA TÉCNICA

Santos: Vanderlei; Daniel Guedes, Gustavo Henrique, Yuri e Dodô; Alison, Carlos Sánchez e Bryan Ruiz; Copete (Rodrygo), Sasha e Derlis González. Técnico: Cuca.

Chapecoense: Jandrei; Eduardo, Douglas, Fabrício Bruno e Bruno Pacheco; Amaral, Márcio Araújo, Canteros e Doffo; Wellington Paulista e Leandro Pereira. Técnico: Claudinei Oliveira.

Juiz: Rafael Traci (PR).

Local: Pacaembu.

Horário: 20h.

Na TV: SporTV.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.