Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Na chegada ao Brasil, Dunga faz elogios ao trio ofensivo

O técnico da seleção brasileira, Dunga, parece ter gostado do setor de ataque da equipe nas vitórias sobre Chile (4 a 0) e Gana (1 a 0), em amistosos realizados na Suécia. Na chegada ao Brasil, no Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos (Grande São Paulo), na manhã desta quinta-feira, o treinador fez muitos elogios ao trio ofensivo formado por Kaká, Robinho e Ronaldinho Gaúcho. "´Fiz a formação que a comissão técnica decidiu e gostei do resultado. O Robinho jogou muito bem, assim como o Kaká, e o Ronaldinho Gaúcho subiu demais de produção", afirmou.Agora com nove partidas no comando da seleção - são sete vitórias, um empate e uma derrota (para Portugal) -, Dunga pensa no que fazer para o próximo amistoso, que será contra a Inglaterra, ainda sem data definida - provavelmente em 31 de maio, na reabertura do Estádio de Wembley, em Londres. Com a proximidade da Copa América, o técnico quer usar o jogo contra os ingleses para definir a base para a competição na Venezuela."A gente tem uma lista de 50 jogadores que são observados. Se um jogador não for convocado para a partida contra Inglaterra, não quer dizer que ele está fora da Copa América", disse Dunga, enquanto esperava a conexão para embarcar para Porto Alegre. "Será um jogo difícil, pois contra a seleção brasileira qualquer equipe vem mais compenetrada. Ainda não tenho a lista, pois algo no caminho pode mudar."Na Venezuela, o Brasil está no Grupo B e fará a sua estréia contra o México, no dia 27 de junho, em Puerto Ordaz. Na seqüência da primeira fase, os adversários serão o Chile - no dia 1.º de julho, em Maturín - e o Equador - no dia 4, em Puerto La Cruz.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.