Wilton Jr/AE
Wilton Jr/AE

Na chegada, Muricy pede apoio da torcida do Fluminense

'A torcida empurrou o tempo todo. É isso que espero. É isso que espero já na quinta-feira'

AE, Agência Estado

26 de abril de 2010 | 17h29

Muricy Ramalho foi apresentado na tarde desta segunda-feira como novo treinador do Fluminense. E, logo na primeira entrevista coletiva, ele já tratou de pedir o apoio do torcedor no seu jogo de estreia, quinta, contra o Grêmio, no Maracanã, pelas quartas de final da Copa do Brasil.

Veja também:

linkMuricy descarta mudanças no começo do trabalho

Para convocar o torcedor do Fluminense, Muricy lembrou da campanha do time na Libertadores de 2008, quando foi vice-campeão - perdeu o título para a LDU. "A torcida empurrou o tempo todo. É isso que espero. É isso que espero já na quinta-feira", avisou o novo treinador.

Desempregado desde a demissão no Palmeiras, em fevereiro, Muricy foi contratado para substituir Cuca, que foi dispensado na última segunda-feira. Na chegada, o novo treinador também elogiou seu antecessor. E ainda explicou que não tinha como recusar o convite feito pelo clube carioca.

"Demorei um pouco para dar a resposta porque acho que tem que ser uma coisa tranquila e também porque o Fluminense tinha no comando um outro grande treinador. Estou muito feliz de estar aqui, vou dar o meu melhor para o time estar no lugar que merece, brigando na ponta de cima", afirmou.

Apesar de ter assinado contrato somente até o final deste ano, Muricy revelou que "os projetos para o futuro" do Fluminense pesaram no acerto com o clube. "O que mais pesou foi o pensamento da diretoria de fazer um Fluminense forte e melhor, com estrutura", justificou o treinador.

Muricy também comemorou o fato de finalmente poder trabalhar com o argentino Conca, que tentou levar para São Paulo e Palmeiras quando esteve por lá. "É um jogador que tem prazer de jogar futebol, um meia diferenciado. Ele está bem demais e, com certeza, vamos trabalhar bem", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.