Na contagem regressiva pelo título, Corinthians trabalha com tranquilidade

O Corinthians trabalha com tranquilidade nos treinos que antecedem o duelo contra o Vasco, nesta quinta-feira, às 22 horas, no estádio de São Januário, no Rio, pela 35.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Uma vitória pode garantir o título com três rodadas de antecedência.

Estadão Conteúdo

14 de novembro de 2015 | 21h37

No entanto, o time prefere evitar o clima de euforia. Neste sábado, o técnico Tite promoveu um trabalho no gramado para os jogadores que não participaram do jogo-treino contra o Red Bull Brasil, na última sexta-feira. Edilson, Felipe, Guilherme Arana, Ralf, Jadson, Malcom e Vagner Love participaram de uma atividade tática que teve que ser completada por jogadores da base, já que os outros atletas do elenco fizeram tratamento regenerativos. Neste domingo, os atletas ganharão folga.

Para o duelo contra o Vasco, o Corinthians não vestirá laranja. Se não atuar de branco, utilizará o uniforme número 2, preto com listras brancas, que havia sido aposentado pela fornecedora de material esportivo. A solicitação foi feita pela diretoria, que não quer ver o time entrar em campo em um jogo decisivo com um uniforme que não tenha tradição.

O Corinthians lidera o Brasileirão com 11 pontos de vantagem sobre o Atlético Mineiro, o segundo colocado. Se vencer o Vasco, levanta a taça independentemente do resultado do time de Belo Horizonte. Também pode ser campeão perdendo ou empatando. Para isso basta que a equipe de Minas Gerais não vença o São Paulo, também na quinta-feira, no estádio do Morumbi, na capital paulista.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoCorinthians

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.