Daniel Augusto Jr./ Ag. Corinthians
Daniel Augusto Jr./ Ag. Corinthians

Na corrida por uma vaga no Paulistão, Corinthians joga por Guerrero

Em situação difícil no Grupo B, time aposta no peruano para derrotar o Comercial

Fábio Hecico, O Estado de S. Paulo

26 de fevereiro de 2014 | 05h11

SÃO PAULO - Ninguém no atual elenco do Corinthians fez mais gols do que Guerrero. O peruano já marcou 27, mas vive inferno astral, sem ir às redes adversárias há oito rodadas. Nesta quarta, no Pacaembu, contra o Comercial, ele entra em campo com apoio total do time, da comissão técnica e da torcida para pôr fim à marca negativa. Os jogadores do time de Ribeirão Preto ameaçaram não jogar porque receberam o salário por meio de cheques cruzados e, por isso, não conseguiram descontar na boca do caixa, mas voltaram atrás.

 

Ganhar o jogo e melhorar o saldo de gols são tarefas necessárias para o Corinthians (14 pontos no Grupo B) na luta contra os outros oponentes da chave, que têm números melhores. Com a vitória, o time encostaria nos dois primeiros colocados - Botafogo (19) e Ituano (18).

 

Guerrero repete seu pior momento no clube, ocorrido entre abril e julho de 2013, quando chegou a reclamar do calendário brasileiro e falou em voltar para a Europa. Foi convencido a ficar e engatou sequência de gols. Agora, recebendo conselhos de todos os lados e mensagens de apoio da torcida, a esperança é de que "tire a uruca".

 

"Paolo está perdendo alguns gols que não são comuns para um atacante do nível dele, mas já vimos muito isso no futebol. Os jogadores vivem seus ciclos, ele está trabalhando sério para mudar e tenho certeza de que vai", aposta Mano Menezes

 

FICHA TÉCNICA

 

CORINTHIANS - Cássio, Fagner, Cléber, Gil, Uendel, Ralf, Guilherme, Bruno Henrique, Jadson, Romarinho, Guerrero. Técnico: Mano Menezes

 

COMERCIAL - Marcelo Henrique, Marcos Pimentel, Edimar, Reniê, William Simões, Xaves, Marcos Vinícius, Marcone, Mateus, Clebinho, Edson. Técnico: Vágner Benazzi

 

Árbitro: José Cláudio Rocha Filho; Local: Pacaembu; Horário: 22h; Transmissão: Pay-per-view

 

COLABOROU CIRO CAMPOS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.