Sergio Perez/Reuters
Sergio Perez/Reuters

Na Espanha, jogadores são liberados para treinos individuais em seus clubes

Governo permite que atividades sejam retomadas desde que obedeçam uma série de medidas de segurança pré-estabelecidas pela liga

Redação, Estadão Conteúdo

03 de maio de 2020 | 10h03

Jogadores das equipes espanholas poderão retomar os treinamentos a partir desta segunda-feira, já que a Espanha relaxou algumas das medidas restritivas que estavam em vigor por causa da pandemia do novo coronavírus.

O governo liberou os jogadores para treinos individuais nas instalações dos clubes, desde que sejam observadas uma série de medidas de segurança pré-estabelecidas pela liga e pelas autoridades locais, como o distanciamento social.

A liga preparou um protocolo detalhado de treinamento em quatro fases que já foi distribuído aos clubes. Neste primeiro momento, estão liberados apenas os treinos individuais. Depois, serão permitidas sessões em grupos menores e, então, atividades com o elenco completo.

Todos os jogadores devem ser testados para a covid-19 antes de retomar as atividades em seus respectivos times. O primeiro-ministro da Espanha, Pedro Sánchez, disse esperar que o Campeonato Espanhol retorne "em breve". A expectativa é que o torneio seja reiniciado em junho.

A Espanha, um dos países mais atingidos pela doença no mundo, com mais de 216 mil casos e 25.100 mortes, impôs um bloqueio rígido em março, confinando a maioria da população em suas casas. No entanto, após 49 dias de quarentena, a curva de contágio começou a cair e o governo decidiu permitir que as pessoas deixem suas casas para se exercitar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.