Na estreia de Argel Fucks, Goiás surpreende o Ceará e vence em Fortaleza

Alviverde faz 1 a 0 sobre cearenses em pleno Castelão, pela 16.ª rodada da Série B

Estadão Conteúdo

21 de julho de 2017 | 23h46

Ainda longe do seu principal objetivo, o Goiás aliviou a tensão nesta sexta-feira ao vencer o Ceará, em plena Arena Castelão, em Fortaleza, pelo placar de 1 a 0, em partida que marcou a estreia do técnico Argel Fucks e que fez com que o time se distanciasse na zona de rebaixamento. O jogo foi válido pela 16.ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, o Goiás deu um fim na série de três derrotas consecutivas, que derrubaram o treinador Sílvio Criciúma, e por enquanto ficou na 12.ª colocação com 20 pontos, a quatro do descenso. O Ceará, que perdeu a oportunidade de entrar no G4, a zona de acesso, soma 22.

A expectativa era grande para um jogo entre dois times que iniciaram como favoritos na busca do acesso, mas que ainda não engrenaram na competição. Após um início lento, foi ganhar em emoção a partir dos 31 minutos. Matheus Ferraz acertou Lelê e o árbitro assinalou penalidade máxima. Elton foi para a cobrança, mas o goleiro Marcelo Rangel caiu para fazer a defesa.

O time cearense não desanimou após o pênalti perdido e seguiu em cima. No lance seguinte, Lelê recebeu de Magno Alves e chutou para outra grande defesa de Marcelo Rangel. Depois disso, Elton e Pedro Ken tiveram uma oportunidade cada de abrir o placar, mas também as desperdiçaram.

Na etapa final, o Goiás enfim resolveu sair para o jogo, colocou a bola no chão e foi para o abafa em cima do adversário. A primeira tentativa foi com Carlos Eduardo, em chute de fora da área pela linha de fundo. O gol saiu aos nove minutos, na bola parada. Carlinhos cobrou falta para Alex Alves desviar e fazer 1 a 0 para o time esmeraldino.

O Goiás ainda teve a chance de matar o jogo aos 22 minutos, quando Mateus Ferraz aproveitou a sobra da entrada da área, de frente para o gol, e chutou para fora. Erro que deu margem para o Ceará esboçar uma pressão no final. Com dificuldade de passar pela marcação rival, o time cearense só conseguiu chegar em escanteio de Pio, que acabou com um chute de Lelê para fora. Muito pouco para evitar o pior.

Na próxima rodada, a 17.ª, o Ceará volta a campo na próxima sexta-feira para encarar o Paysandu, às 21h30, no estádio Mangueirão, em Belém. O Goiás só joga agora no próximo dia 29, um sábado, às 16h30, diante do CRB, no estádio Serra Dourada, em Goiânia, com os portões fechados por causa de uma punição do STJD.

FICHA TÉCNICA

CEARÁ 0 x 1 GOIÁS

CEARÁ - Éverson; Tiago Cametá, Valdo, Rafael Pereira (Tiago Alves) e Romário; Raul (Roberto), Pio, Cafu (Magno Alves) e Pedro Ken; Elton e Lelê. Técnico: Marcelo Chamusca.

GOIÁS - Marcelo Rangel; Tony, Matheus Ferraz, Alex Alves e Carlinhos; Willians (Everton Sena), Elyeser, Pedro Bambu (Carlos Eduardo) e Andrezinho (Tiago Luis); Léo Gamalho e Júnior Viçosa. Técnico: Argel Fucks.

GOL - Alex Alves, aos 9 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Raul e Pio (Ceará); Carlinhos (Goiás).

ÁRBITRO - Cleisson Veloso Pereira (MG).

RENDA - R$ 86.561,00.

PÚBLICO - 9.131 pagantes.

LOCAL - Arena Castelão, em Fortaleza (CE).

Tudo o que sabemos sobre:
futebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.