Vitor Silva/SSPress/Botafogo
Vitor Silva/SSPress/Botafogo

Na estreia de Barroca, Botafogo tenta surpreender São Paulo no Morumbi

Técnico faz primeiro jogo profissional pelo novo clube visitando o vice-campeão paulista

Redação, Estadão Conteúdo

27 de abril de 2019 | 13h00

O técnico Eduardo Barroca vai fazer sua estreia no time profissional do Botafogo, no Morumbi, diante do São Paulo. O treinador teve dez dias de preparação em função da desclassificação do time na Copa do Brasil, caindo para o Juventude na terceira fase, e da eliminação precoce no Campeonato Carioca. Embora vá atuar fora de casa, o treinador garante que conta com uma vitória na estreia.

"Sabemos que é um adversário difícil fora de casa, mas o nosso objetivo é fazer um grande jogo lá para sairmos com a vitória", afirmou o substituto do técnico Zé Ricardo, demitido no início do mês de abril.

Barroca não poderá contar com o meia Alex Santana que sentiu dores na coxa direita e foi vetado. O jovem Wenderson foi confirmado em seu lugar. O técnico também confirmou o retorno do zagueiro argentino Joel Carli, que ficou afastado desde fevereiro por causa de uma lesão no joelho.

Com grande experiência nas categorias de base do Botafogo - ele foi campeão brasileiro da categoria em 2016, o maior título da história da base do clube, Barroca também vai apostar em outros jogadores jovens, como Marcinho, Jonathan e Gustavo.

Com a negociação de Kieza para o Fortaleza e a lesão de Diego Souza, Erik deve atuar mais avançado, próximo ao gol, fazendo a função de um camisa 9. O jogador de 24 anos, emprestado pelo Palmeiras, já balançou as redes adversárias pelo Glorioso 12 vezes. Mas apesar do bom momento vivido pelo atacante, Barroca admitiu a necessidade de contar com um homem-gol. "Não dá para jogar uma Série A com somente dois jogadores da posição", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.