Rodrigo Coca/Agência Corinthians
Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Na estreia de Boselli, Gustavo faz a diferença e Corinthians bate a Ponte

Partida em Itaquera ficou marcada por forte chuva, que paralisou o duelo no primeiro tempo

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

26 de janeiro de 2019 | 21h00

O Corinthians conseguiu vencer sua primeira partida na temporada. Na tarde em que o badalado Boselli estreou com a camisa alvinegra, quem fez a diferença foi o contestado Gustavo, que marcou o gol da vitória por 1 a 0 sobre a Ponte Preta, em uma partida de pouco brilho do time de Fábio Carille.

Ainda em ritmo de pré-temporada, o principal atrativo da partida para os corintianos era a possível estreia de Boselli, que entrou no lugar de Gustavo Silva aos 20 minutos do segundo tempo. Com uma equipe bastante modificada - Fagner, Henrique e Jadson foram alguns  que iniciaram no banco - o Corinthians demonstrou  dificuldade na criação das jogadas.

Com as mudanças e sem referência no meio, a única forma do time de Fábio Carille tentar chegar ao ataque era pelas pontas, com Gustavo Silva e Pedrinho, mas a chuva que castigou o gramado da Arena atrapalhou a vida dos garotos. O jogo ficou parado por  sete minutos, no primeiro tempo.

A chuva deixou os corintianos um pouco mais ligados e a Ponte sentiu e recuou. Aos poucos, o time de Carille ganhou volume e passou a criar chances de gol. Jadson entrou e deu uma nova cara ao time. Depois, Boselli apareceu para jogar ao lado de Gustavo, o Gustagol, algo que parecia inimaginável para muita gente, já que ambos são centroavantes.

Parecia que o jogo terminaria em um sonolento 0 a 0 quando o Corinthians conseguiu acertar uma jogada. Pedrinho partiu em velocidade pela direita e mandou certeiro para Gustavo acertar uma bomba e deixar claro que Boselli e Vagner Love terão um concorrente menos badalado, mas com muita vontade de conquistar seu espaço.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 1X0 PONTE PRETA

CORINTHIANS: Cássio; Léo Santos (Fagner), Marllon, Pedro Henrique e Danilo Avelar; Thiaguinho, Araos (Jadson), Mateus Vital, Pedrinho e Gustavo Silva (Boselli); Gustavo. Técnico: Fábio Carille

PONTE PRETA: Ivan; Luis Ricardo, Renan Fonseca, Reginaldo e Diego Renan; André Castro (Nathan), Edson, Matheus Vargas (Matheus Oliveira), Gerson Magrão e Giovanni; Thales (Hugo Cabral). Técnico: Mazola Júnior

GOL: Gustavo, aos 32 minutos do 2º T

CARTÕES AMARELOS: Thiaguinho, Nathan e Edson

PÚBLICO: 25.865 pagantes

RENDA: R$ 954.497,9

LOCAL: Arena Corinthians, em São Paulo

ÁRBITRO: Salim Fende Chávez

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.