Sirli Freitas/Chapecoense
Sirli Freitas/Chapecoense

Na estreia de Claudinei Oliveira, Chapecoense enfrenta Cruzeiro com mudanças

Suspensos na última rodada, laterais Eduardo e Bruno Pacheco retornam, enquanto a principal novidade deve ser o meia Canteros

Estadão Conteúdo

21 Outubro 2018 | 08h54

Buscando a reabilitação após a derrota por 1 a 0 para o Vitória, na Arena Condá, a Chapecoense tenta deixar a zona de rebaixamento na partida frente ao Cruzeiro no Independência, neste domingo, às 19 horas, em Belo Horizonte. Recém-anunciado para a vaga de Guto Ferreira, o técnico Claudinei Oliveira ensaiou novidades no pouco tempo que teve à frente do time nos últimos dias.

Suspensos na última rodada, os laterais Eduardo e Bruno Pacheco retornam, enquanto a principal novidade deve ser o meia Canteros. Logo em sua chegada, Claudinei Oliveira afirmou que iria recuperar o jogador e deve escalá-lo entre os 11.

"Se a gente estiver organizado e competindo, a gente consegue chegar, independente do adversário. Eu confio muito que a gente consegue ganhar de qualquer um, dentro ou fora de casa", diz o técnico.

Ele aproveitou também para mudar o sistema de jogo. Leandro Pereira deve ficar isolado no ataque, enquanto o meio-campo estará mais compacto com Canteros, Doffo, Diego Torres, Barreto e Amaral. "O ideal é você achar uma equipe e investir nela. E uma equipe competitiva e organizada vocês vão ver sempre. A grandeza da Chapecoense me fez vir aqui e acredito que possa realizar um grande trabalho", afirma.

Mas a situação na tabela é difícil. A Chapecoense segue em situação delicada no Brasileirão, com 31 pontos, precisando vencer e ainda torcer contra os concorrentes diretos para deixar a degola.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.