Jonatan Dutra / EFE
Jonatan Dutra / EFE

Na estreia de Elano, Ferroviária fica no empate com o Santo André

Equipe de Araraquara fica à frente no placar duas vezes, mas acaba na igualdade com time do ABC

Redação, Estadão Conteúdo

30 de abril de 2021 | 01h03

O técnico Elano Blumer por muito pouco não estreou com vitória no comando da Ferroviária. Na noite desta quinta-feira, o time grená ficou duas vezes na frente do placar, mas ficou no empate com o Santo André, por 2 a 2, na Arena Fonte Luminosa, pela sétima rodada do Campeonato Paulista Sicredi 2021.

A Ferroviária chegou ao terceiro jogo sem vitória, mas foi beneficiada pela derrota da Ponte Preta para o Mirassol e segue na vice-liderança do Grupo B, com 12 pontos. Por outro lado, o Santo André, que teve a estreia de Márcio Fernandes, é o terceiro colocado do Grupo A, com sete.

O primeiro tempo na Arena Fonte Luminosa foi equilibrado, mas a qualidade técnica fez a diferença. Enquanto o Santo André desperdiçou a única boa oportunidade que teve com Gegê, a Ferroviária abriu o placar quando conseguiu achar espaço na defesa adversária.

Aos 34 minutos, Felipe Marques deu lançamento preciso para Vinícius Zanocelo desviar de cabeça. Fernando Henrique defendeu e a bola sobrou novamente para o camisa 8, que dessa vez não desperdiçou. O bandeirinha assinalou impedimento, mas o gol acabou sendo validado pelo VAR.

O Santo André voltou do intervalo em cima da Ferroviária e, depois de assustar Minho e Gegê, empatou aos nove minutos. Gegê cobrou falta e Vitinho Schimith desviou no cantinho de Saulo. O time grená sentiu o gol e viu o adversário continuar em cima.

Foi então que a zaga andreense saiu jogando errado e a bola sobrou para Bruno Mezenga marcar seu sexto gol no Paulistão, se isolando na artilharia. Mas a alegria da Ferroviária durou apenas seis minutos. Aos 32, Saulo se atrapalhou com a bola nos pés e foi desarmado por Minho, que tocou para Caio Rangel deixar tudo igual.

O jogo ficou aberto nos minutos finais com os dois times buscando o gol da vitória. No último lance, os jogadores do Santo André pediram toque de mão do zagueiro Matheus Salustiano, mas o VAR nada marcou e o árbitro acabou encerrando a partida.

A Ferroviária volta a campo na segunda-feira, contra o Mirassol, às 20 horas, no José Maria de Campos Maia, em Mirassol. No domingo, o Santo André enfrenta o Palmeiras, às 20 horas, no Canindé, em São Paulo. Os jogos são válidos pela décima rodada.


FICHA TÉCNICA

FERROVIÁRIA 2 X 2 SANTO ANDRÉ

FERROVIÁRIA - Saulo; David Pastor (Diogo Matheus), Matheus Salustiano, Didi e Arthur Henrique; Higor Meritão, Yuri, Vinícius Zanocelo (Julio Vitor) e Renato Cajá (Rogério); Bruno Mezenga e Felipe Marques. Técnico: Elano Blumer.

SANTO ANDRÉ - Fernando Henrique; Marcos Martins (Lucas Mendes), Willian Goiano, Rodrigo e Bruno Santos; Fraga (Marino), Vitinho Schimith (Paulo Roberto) e Gegê; Ramon (Caio Rangel), Minho (Rone) e Tiago Marques. Técnico: Márcio Fernandes.

GOLS - Vinícius Zanocelo aos 34 minutos do primeiro tempo; Vitinho Schimith, aos nove, Bruno Mezenga, aos 26, e Caio Rangel, aos 32 minutos do segundo tempo

ÁRBITRO - Matheus Delgado Candançan.

CARTÕES AMARELOS - Yuri e Didi (Ferroviária); Ramon e Vitinho Schimith (Santo André)

LOCAL - Arena Fonte Luminosa, em Araraquara (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.