Frank Augstein/AP
Frank Augstein/AP

Na estreia de Mourinho, Lucas marca, Tottenham bate o West Ham e volta a vencer

Resultado positivo quebra uma série de cinco partidas sem vitória e deixa a equipe londrina com 17 pontos, na sexta colocação

Redação, Estadão Conteúdo

23 de novembro de 2019 | 12h10

O Tottenham deixou uma boa impressão ao seu novo comandante, o português José Mourinho, contratado para substituir o argentino Mauricio Pochettino. Neste sábado, na estreia do treinador, o atual vice-campeão europeu derrotou o West Ham por 3 a 2 no clássico londrino e voltou a vencer no Campeonato Inglês.

O resultado positivo conquistado fora de casa, no Estádio Olímpico de Londres, quebra uma série de cinco partidas sem vitória e deixa a equipe londrina com 17 pontos, na sexta colocação, mais perto dos líderes da competição. A posição é temporária, já que os outros times ainda jogam na rodada.

Além disso, o time agora comandado por Mourinho, que ficou quase um ano desempregado após ser demitido do Manchester United em dezembro do ano passado, conquistou sua primeira vitória como visitante no torneio.

O West Ham, do meia brasileiro Felipe Anderson, ficou com 13 pontos, no 16º lugar, próximo da zona de rebaixamento. A equipe não vence há sete partidas.

O primeiro jogo da Era Mourinho no Tottenham teve grande exibição de Son, marca expressiva alcançada por Harry Kane e boa atuação de Lucas. O sul-coreano abriu o placar aos 36 minutos após jogada de Dele Alli e, aos 43, deu assistência para o brasileiro ampliar a vantagem.

Na etapa final, Kane balançou as redes e chegou à marca de 175 gols marcados pelo Tottenham, o que o fez ultrapassar Martin Chivers e o deixou como o terceiro maior artilheiro da história do clube inglês. O gol parecia indicar que o triunfo dos visitantes seria fácil, mas os donos das casa reagiram no final e ficaram perto de empatar.

A entrada de Michail Antonio fez diferença para a mudança de cenário na partida. Foi do atacante inglês o primeiro gol do West Ham. Ele deu um belo drible no zagueiro Alderweireld e chutou forte para diminuir o placar. Nos acréscimos, o defensor italiano Ogbonna fez mais um, mas já era tarde e o time de Mourinho foi para casa com a vitória.

O Tottenham passa a se concentrar na Liga dos Campeões, já que encara o Olympiacos, da Grécia, na próxima terça-feira, em casa. O time inglês é vice-líder do Grupo B, que tem o Bayern de Munique na ponta, e busca a vitória para garantir a classificação ao mata-mata de forma antecipada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.