Divulgação
Divulgação

PC Gusmão estreia, Joinville bate o Avaí por 2 a 0 e deixa a lanterna

Treinador vê sua equipe fazer 2 a 0 e ultrapassar Vasco e Coritiba

ALINE TORRES, Estadão Conteúdo

02 de agosto de 2015 | 18h09

Na estreia do técnico PC Gusmão, o Joinville bateu o rival Avaí por 2 a 0, na Arena Joinville, neste domingo, e deixou a lanterna do Brasileirão. Os gols foram marcados por Jéci (contra) e Guti. O resultado empurrou o Avaí para a 16ª colocação, com 17 pontos, enquanto o time vencedor deste confronto agora é o 18º, com 12.

Demorou 35 anos para que Joinville e Avaí se encontrassem novamente em uma Série A de Brasileirão. A Arena Joinville ficou tricolor, com mais de 10 mil torcedores em festa. Com a bola rolando, o time visitante foi melhor durante o início de jogo.

Aos 31 minutos, Tauã tabelou com Renan Oliveira e ficou cara a cara com o goleiro Agenor, que conseguiu fechar bem o ângulo. O Avaí teve ainda mais 3 chances até uma lambança da defesa colocar o Joinville na frente do placar. O meia William Popp levantou na área, o goleiro Vagner se desentendeu com o zagueiro Jéci e a bola foi morrer no próprio gol.

Na volta do intervalo o técnico Gilson Kleina abandonou a formação com três zagueiros e foi com três homens na frente. Mas a estratégia deu errado. Aos 15 minutos, o Joinville teve escanteio da direita cobrado por Marcelo Costa. A bola viajou, a zaga não cortou e o zagueiro Guti, formado nas categoria de base do rival Figueirense, ampliou a vantagem tricolor. Sem conseguir levar perigo, restou ao Avaí reclamar de dois pênaltis não marcados, sofridos por André Lima e Nino Paraíba.

Na próxima rodada o Avaí joga no sábado e recebe o Fluminense na Ressacada, em Florianópolis, às 18h30. O Joinville tem confronto direto contra o rebaixamento no Maracanã, contra o Vasco, a partir das 11 horas de domingo.

FICHA TÉCNICA

JOINVILLE 2 X 0 AVAÍ

JOINVILLE - Agenor; Arnaldo, Bruno Aguiar, Guti, Diego; Naldo, Kadu, Marcelo Costa (Marcelinho Paraíba), William Popp (Silvinho); Marion (Lucas Crispim) e Kempes. Técnico: PC Gusmão.

AVAÍ - Vagner; Jéci, Emerson (Roberto), Antonio Carlos, Nino Paraíba; Renan, Eduardo Neto (Tinga), Renan Oliveira, Eltinho; Tauã (Rômulo) e André Lima. Técnico: Gilson Kleina.

GOLS - Jéci (contra), aos 39 minutos do primeiro tempo; Guti, aos 15 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Marcelo Costa e Silvinho (JEC); Eduardo Neto (Avaí).

ÁRBITRO - Rodrigo D'Alonso Ferreira

PÚBLICO - 11.245 torcedores.

RENDA - R$ 156.985,00.

LOCAL - Arena Joinville, em Joinville (SC).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoJoinvilleAvaí

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.