Reprodução/Twitter/Coritiba
Reprodução/Twitter/Coritiba

Na estreia de Rafinha, Rodrigão brilha e Coritiba bate o Cuiabá no Couto Pereira

A vitória levou o Coritiba aos oito pontos, colando no grupo dos quatro primeiros colocados. O time paranaense subiu à quinta colocação, apenas um ponto abaixo do quarto colocado Sport.

Redação, Estadão Conteúdo

25 de maio de 2019 | 13h14

Na estreia de Rafinha, contratado junto ao Cruzeiro, o Coritiba bateu o Cuiabá por 2 a 1 e conquistou importante vitória pela quinta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, no Couto Pereira.

Quem brilhou no triunfo do Coritiba foi o centroavante Rodrigão, autor dos dois gols do time da casa para dar fim ao seu jejum de dois jogos sem marcar e derrubar a invencibilidade do Cuiabá, que também mandou um estreante a campo: o meia argentino Damián Escudero. Ele não jogada uma partida oficial desde 2017.

A vitória levou o Coritiba aos oito pontos, colando no grupo dos quatro primeiros colocados. O time paranaense subiu à quinta colocação, apenas um ponto abaixo do quarto colocado Sport.

Já o Cuiabá, com os mesmos oito pontos, fica em sexto porque tem um gol a menos de saldo (2 a 1). Essa foi apenas a segunda derrota do time mato-grossense no ano e colocou fim a uma série de 13 jogos de invencibilidade. O outro resultado negativo foi pela Copa do Brasil, quando o Cuiabá foi eliminado pelo Botafogo com derrota por 3 a 0, no Engenhão.

O JOGO

Logo no início, aos sete minutos, Rafinha já mostrou seu cartão de visitas. O estreante fez bela jogada individual, tabelou com Patrick Brey e completou para o fundo do gol, mas a jogada foi anulada por impedimento.

O time da casa seguiu mandando no jogo e, três minutos mais tarde, Rafinha tabelou com Rodrigão e o centroavante deu um toque na saída do goleiro para abrir o placar aos 10 minutos do primeiro tempo.

Após o início agitado, o ritmo do jogo caiu e a resposta do Cuiabá só veio no segundo tempo. Aos 13 minutos, a defesa do Coritiba não conseguiu afastar e a bola sobrou para Escudeiro, que passou pelo goleiro Wilson e levantou na cabeça de Júnior Todinho. O atacante só tocou contra o gol vazio para empatar o placar.

No entanto, o Coritiba tinha Rodrigão, que voltou a marcar para garantir a vitória. Aos 35 minutos, o centroavante aproveitou cruzamento na área, ganhou da marcação e desviou de cabeça para o fundo do gol, dando números finais ao jogo.

O Cuiabá volta a campo no próximo sábado, quando recebe a Ponte Preta, na Arena Pantanal, pela sexta rodada da Série B. Na segunda-feira, dia 3 de junho, o Coritiba enfrenta o América-MG no Independência, em Belo Horizonte.


FICHA TÉCNICA

CORITIBA 2 X 1 CUIABÁ

CORITIBA - Wilson; Diogo Mateus, Alan Costa, Romércio e William Matheus (Igor Jesus); Vitor Carvalho (Matheus Sales), João Vitor, Giovanni (Juan Alano), Patrick Brey e Rafinha; Rodrigão. Técnico: Umberto Louzer.

CUIABÁ - Victor Souza; Toty, Douglas Mendes, Edson Borges e Danilo (Alex Ruan); Marino (Caio Dantas), Alê, Jean Patrick e Escudero (Eduardo Ramos); Felipe Marques e Júnior Todinho. Técnico: Itamar Schulle.

GOLS - Rodrigão, aos 10 minutos do primeiro tempo; Júnior Todinho, aos 14, e Rodrigão, aos 35 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Gilberto Rodrigues Castro Júnior (PE).

CARTÕES AMARELOS - Diogo Mateus (Coritiba); Toty e Marino (Cuiabá).

RENDA - R$ 424.519,00.

PÚBLICO - 37.220 pagantes (39.252 total).

LOCAL - Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.