Na estreia de Roque Júnior, Ituano empata com o Mirassol fora de casa

Mirassol chega a 14 pontos no Grupo D, enquanto o time de Itu é o último do Grupo A

O Estado de S.Paulo

13 de março de 2017 | 22h38

Mesmo com o estádio José Maria de Campos Maia lotado por mais de 6 mil torcedores, o Mirassol não conseguiu a vitória sobre o Ituano na partida que fechou a oitava rodada do Campeonato Paulista e ficou no empate por 1 a 1 na noite desta segunda-feira. Os dois times continuam em jejum de vitórias. O Mirassol não ganha há três partidas, enquanto o Ituano, que estreou o técnico Roque Júnior no lugar de Tarcísio Pugliese, não vence há cinco jogos.

Com o resultado, o Mirassol chegou aos 14 pontos na vice-liderança do Grupo D, ficando atrás apenas da Ponte Preta, que tem 15. O Santos é o terceiro colocado, com 13, e o Audax, com sete, é o quarto. O Ituano, no Grupo A, segue em último, com nove pontos, mesma pontuação do São Bernardo, que tem três vitórias contra duas do time de Itu. Corinthians, com 19, e Botafogo, com 11, ocupam as duas primeiras colocações.

No duelo desta segunda, o Mirassol começou melhor, mas não soube aproveitar as chances que criou no início da partida. Aos poucos, o Ituano foi encontrando maneiras de responder no contra-ataque e conseguiu chegar ao gol. Arnaldo cruzou da direita, aos 33 minutos, e a bola sobrou para o volante Wellington Simião, que bateu firme e estufou as redes do goleiro Vagner.

No finalzinho do primeiro tempo, porém, o time da casa buscou o empate com gol do zagueiro Wallace aos 44 minutos. Ele aproveitou cruzamento de Tony pela direita e completou de cabeça.

A pressão do time da casa continuou no segundo tempo, mas a defesa do Ituano conseguiu se segurar. Os visitantes, completamente fechados, chamavam o adversário para cima e não conseguiam armar contra-ataques como na primeira etapa. Mas contaram com a falta de inspiração do meio de campo do mandante, que não reproduziu o jogo envolvente de outras rodadas.

Sem muitos lances de perigo, o segundo tempo teve ritmo lento e o grande público presente ao estádio se frustrou com o empate.

As duas equipes voltam a campo no próximo sábado, às 16 horas, para a disputa da nona rodada do Campeonato Paulista. O Mirassol recebe o Santo André em mais uma partida no José Maria de Campos Maia e o Ituano visita o São Paulo no Morumbi.

FICHA TÉCNICA:

MIRASSOL - Vagner; Tony, Wallace, Wellington e Rodrigo Biro; Willian, Paulinho, Xuxa (Carlos Alberto) e Rodolfo; Welinton Junior (Bruno Sávio) e Rafhael Lucas (Luiz Fernando). Técnico: Moisés Egert.

ITUANO - Fábio; Arnaldo, Naylhor, Lima e Peri; Guly, Wellington Simião e Igor (Walfrido); Claudinho, Marcelinho (Lucas Crispim) e Nena (Bassani). Técnico: Roque Júnior.

GOLS - Wellington Simião, aos 33, e Wallace, aos 44 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Raphael Claus.

CARTÕES AMARELOS - Wellington e Welinton Júnior (Mirassol); Arnaldo e Guly (Ituano).

RENDA - R$ 47.280,00.

PÚBLICO - 6.447 pessoas.

LOCAL - Estádio José Maria de Campos Maia, em Mirassol (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.