Nick Potts/ AP
Nick Potts/ AP

Na estreia de Sánchez, Manchester United goleia e avança na Copa da Inglaterra

Equipe de Mourinho vence pequeno Yeovil Town por 4 a 0, fora de casa, e avançam às oitavas de final da competição

Estadão Conteúdo

26 Janeiro 2018 | 19h54

O Manchester United não teve dificuldades para golear o pequeno Yeovil Town por 4 a 0, fora de casa, e avançar às oitavas de final da Copa da Inglaterra, nesta sexta-feira. Mais do que o resultado diante do frágil rival, o torcedor da equipe pôde comemorar a boa estreia de Alexis Sánchez, que participou diretamente dos dois primeiros gols, marcados por Rashford e Ander Herrera. Lingard e Lukaku completaram o placar no fim.

+Manchester United estende contrato de Mourinho até 2020

Sánchez foi o nome mais falado nesta janela para transferências de janeiro e, após longa novela, deixou o Arsenal para assinar com o rival Manchester United. Nesta sexta, vestiu a camisa da equipe pela primeira vez e ficou 71 minutos em campo, nos quais mostrou boa movimentação e protagonizou os principais lances ofensivos da equipe.

Depois de embalar sua quinta vitória seguida na temporada, o Manchester agora volta as atenções novamente para o Campeonato Inglês. Vice-líder da competição, a equipe viaja para encarar o Tottenham na próxima quarta-feira, em Londres.

Diante do 21.º colocado da quarta divisão inglesa, o técnico José Mourinho levou a campo uma escalação reserva nesta sexta. Talvez por isso, o Manchester tenha começado devagar, e viu o Yeovil Town criar as primeiras chances, inclusive exigindo duas boas defesas de Romero nos primeiros 15 minutos.

Mas parou por aí. O Manchester tomou o controle da partida e quase marcou o primeiro aos 23, quando Sánchez recebeu na intermediária e deu ótimo passe para McTominay, que bateu colocado e exigiu grande defesa de Krysiak. Aos 29, o chileno cobrou falta perigosa e o goleiro apareceu bem de novo.

Só que Krysiak nada poderia fazer diante da falha crassa de sua defesa aos 40 minutos. Rashford recebeu de Alexis Sánchez, tentou o drible na entrada da área, mas errou e entregou para Thomas James. O zagueiro, no entanto, cochilou, não afastou o perigo e permitiu que o atacante se recuperasse para finalizar para a rede.

O gol abalou o Yeovil Town, que não repetiu o desempenho do primeiro tempo na volta do intervalo. Logo aos cinco minutos, Mata acertou o travessão do adversário. Aos 15, saiu o segundo gol. Em contra-ataque rápido, Mata tocou para Sánchez, que abriu na esquerda para Ander Herrera finalizar cruzado, para a rede.

Com o confronto definido, o Manchester tirou o pé e administrou a vantagem. Aos 26 minutos, Sánchez saiu de campo aplaudido pela torcida. E nos acréscimos, o time visitante definiu o placar com o belo gol de Lingard, após jogada individual, e com o gol de Lukaku, completando cruzamento de Marcos Rojo da esquerda.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.